Voto em branco

segunda-feira, 3 de abril de 2017 08:00 Palavra do Presidente

Sai go­ver­no, en­tra ou­tro e a cor­rup­ção con­ti­nua de­sen­fre­a­da­men­te. Eles es­tão mas­sa­cran­do o tra­ba­lha­dor bra­si­lei­ro, dei­xan­do mui­to a de­se­jar ao ci­da­dão que pa­ga seus im­pos­tos em dia: saú­de, se­gu­ran­ça, edu­ca­ção, ca­da vez mais su­ca­te­a­das. Se não bas­tas­se is­so, o go­ver­no ti­ra um pro­je­to da ga­ve­ta que vai aca­bar ain­da mais com os di­rei­tos dos tra­ba­lha­do­res, a ter­cei­ri­za­ção to­tal da em­pre­sa, in­clu­si­ve a ati­vi­da­de fim. Is­so tra­rá mais de­sem­pre­go e es­cra­vi­dão, com sa­lá­rio re­du­zi­do e car­ga ho­rá­ria de tra­ba­lho mai­or. Vai fi­car do jei­to que os pa­trões que­rem.

Tem tam­bém a re­for­ma da pre­vi­dên­cia, cha­ma­da PEC 287, que se­rá mais um gol­pe e pre­ca­ri­za­ção dos di­rei­tos tra­ba­lhis­ta. A ida­de mí­ni­ma de 65 anos não se equi­pa­ra com ou­tros paí­ses on­de a ex­pec­ta­ti­va de vi­da e bem mai­or que a nos­sa. E se to­do o di­nhei­ro pa­go pe­lo po­vo fos­se ex­clu­si­va­men­te pa­ra on­de de­ve­ria, não es­ta­ría­mos nes­se be­co sem saí­da.

Es­tá na ho­ra do po­vo bra­si­lei­ro dar o tro­co nes­sa cam­ba­da de po­lí­ti­cos cor­rup­tos, não dá mais pa­ra su­por­tar. As elei­ções do ano que vem es­tão che­gan­do, va­mos vo­tar em bran­co! Vo­cê sa­bia que se ti­ver 51% de vo­tos em bran­co as elei­ções se­rão can­ce­la­das e to­dos os can­di­da­tos ao plei­to são ex­tin­tos e te­rão que con­vo­car no­va elei­ção sem a par­ti­ci­pa­ção dos mes­mos? A re­vol­ta é gran­de pa­ra que es­se país en­tre nos ei­xos. Va­mos ter que nos or­ga­ni­zar e di­zer NÃO pa­ra tan­ta la­dro­a­gem e cor­rup­ção que são des­co­ber­tas to­dos os di­as.

Wal­dir Apa­re­ci­do Avan­zo
Pre­si­den­te do Sinterc

,