Com a lei­tu­ra, nes­ta quarta-feira (19), pe­lo de­pu­ta­do Arthur Maia (PPS-BA), de par­te do re­la­tó­rio so­bre a pro­pos­ta de re­for­ma da Pre­vi­dên­cia na co­mis­são es­pe­ci­al da Câ­ma­ra, os par­la­men­ta­res de­fi­ni­ram o ca­len­dá­rio de tra­mi­ta­ção da ma­té­ria. A pre­vi­são é que o pa­re­cer de Maia se­ja vo­ta­do na co­mis­são no dia 2 de maio.

Fa­bio Ro­dri­gues Pozzebom/Agência Bra­sil


O deputado Arthur Maia lê seu relatório na comissão especial da Câmara que analisa a proposta da reforma da Previdência Social

O pre­si­den­te da co­mis­são, Car­los Ma­run (PMDB-MS), fez um acor­do com a opo­si­ção pa­ra que não hou­ves­se obs­tru­ção du­ran­te a lei­tu­ra do pa­re­cer e se com­pro­me­teu a fa­zer ses­sões de de­ba­te na pró­xi­ma se­ma­na. Se­gun­do Ma­run, com a vo­ta­ção do re­la­tó­rio no co­le­gi­a­do no pró­xi­mo dia 2, a pre­vi­são é que a lei­tu­ra no ple­ná­rio da Câ­ma­ra ocor­ra no dia 8 de maio.

Per­gun­ta­do por jor­na­lis­tas se con­si­de­ra um re­tro­ces­so o adi­a­men­to da pre­vi­são ini­ci­al de ter o re­la­tó­rio vo­ta­do na co­mis­são na pró­xi­ma se­ma­na, Car­los Ma­run, res­pon­deu que não. “Não ve­jo ne­nhum re­tro­ces­so, na ver­da­de, é uma oti­mi­za­ção de tem­po. Po­de­ría­mos es­tar aí per­den­do mui­to tem­po e ener­gia pa­ra ven­cer a obs­tru­ção que a opo­si­ção cer­ta­men­te fa­ria, to­da­via, ten­do ce­le­bra­do um acor­do, fi­co fe­liz com es­se re­sul­ta­do”, dis­se.

Arthur Maia ini­ci­ou a lei­tu­ra do re­la­tó­rio por vol­ta do meio-dia. Com qua­se uma ho­ra de apre­sen­ta­ção, a reu­nião foi sus­pen­sa pa­ra que os par­la­men­ta­res par­ti­ci­pas­sem da or­dem do dia no ple­ná­rio da Câ­ma­ra. A ex­pec­ta­ti­va é que a lei­tu­ra se­ja re­to­ma­da ain­da ho­je na co­mis­são es­pe­ci­al.

No tex­to, o re­la­tor re­duz a ida­de mí­ni­ma pa­ra a apo­sen­ta­do­ria das mu­lhe­res de 65 anos pa­ra 62 anos Ou­tra al­te­ra­ção pro­pos­ta em re­la­ção ao tex­to ini­ci­al en­vi­a­do pe­lo Exe­cu­ti­vo ao Con­gres­so Na­ci­o­nal é re­du­zir de 60 anos pa­ra 55 anos a ida­de mí­ni­ma de apo­sen­ta­do­ria pa­ra po­li­ci­ais po­li­ci­ais fe­de­rais, ro­do­viá­ri­os fe­de­rais, fer­ro­viá­ri­os fe­de­rais, po­li­ci­ais ci­vis e os agen­tes pe­ni­ten­ciá­ri­os.

Fon­te: Agên­cia Brasil/EBC

,