Pes­qui­sa Da­ta­fo­lha di­vul­ga­da nes­ta quarta-​feira (30) pe­la Fo­lha de S.Paulo mos­tra que 87% dos bra­si­lei­ros apoi­am a gre­ve dos ca­mi­nho­nei­ros. São con­trá­ri­os 10% en­quan­to 2% se di­zem in­di­fe­ren­tes e 1% não sou­be res­pon­der. Fo­ram ou­vi­das 1.500 pes­so­as em pes­qui­sa te­lefô­ni­ca. A mar­gem de er­ro é de três pon­tos per­cen­tu­ais pa­ra mais ou pa­ra me­nos.

Mar­ce­lo Camargo/​Agência Bra­sil


Entre os entrevistados, 56% defendem a continuidade da greve e outros 42% querem o fim do movimento

En­tre os en­tre­vis­ta­dos, 56% de­fen­dem a con­ti­nui­da­de da gre­ve e ou­tros 42% que­rem o fim do mo­vi­men­to. O go­ver­no ce­deu às rei­vin­di­ca­ções dos ca­mi­nho­nei­ros em du­as ro­da­das de ne­go­ci­a­ção. Um dos itens acor­da­dos é a re­du­ção do pre­ço do óleo di­e­sel em R$ 0,46 na bom­ba e o con­ge­la­men­to do pre­ço pe­los dois pri­mei­ros me­ses.

Pa­ra 92%, as rei­vin­di­ca­ções dos ca­mi­nho­nei­ros são jus­tas. A pes­qui­sa tam­bém in­di­ca que o bra­si­lei­ro não con­cor­da em ser pe­na­li­za­do com au­men­to de im­pos­tos e cor­te de gas­tos fe­de­rais pa­ra aten­der às rei­vin­di­ca­ções dos ca­mi­nho­nei­ros: 87%. Os en­tre­vis­ta­dos con­si­de­ram que o go­ver­no vai fa­vo­re­cer em­pre­sá­ri­os e ca­mi­nho­nei­ros, e pre­ju­di­car mais a po­pu­la­ção.

Tam­bém é pre­pon­de­ran­te (77%) a per­cep­ção de que o go­ver­no Mi­chel Te­mer con­du­ziu mal a cri­se. Ou­tros 16% con­si­de­ram que a atu­a­ção foi re­gu­lar; e 2% não res­pon­de­ram.

Pa­ra 96%, o pre­si­den­te de­mo­rou pa­ra ne­go­ci­ar, con­tra 3% que acham que ele o fez no mo­men­to cer­to.

Dos ou­vi­dos, 51% re­la­ta­ram ter dei­xa­do de fa­zer al­gu­mas das ati­vi­da­des apre­sen­ta­das na pes­qui­sa, con­tra 49% que man­ti­ve­ram a ro­ti­na. Um quar­to das pes­so­as ou­vi­das dis­se ter ti­do di­fi­cul­da­de pa­ra com­prar co­mi­da e 15% dei­xa­ram de ir ao tra­ba­lho por cau­sa da gre­ve.

Fon­te: Con­gres­so em Fo­co

,