PDT anuncia apoio crítico à candidatura de Haddad

quinta-feira, 11 de outubro de 2018 10:07 Notícias

O PDT, par­ti­do de Ci­ro Go­mes, anun­ci­ou ho­je (10) “apoio crí­ti­co” à can­di­da­tu­ra de Fer­nan­do Had­dad (PT) no se­gun­do tur­no da cor­ri­da elei­to­ral “pa­ra evi­tar a vi­tó­ria das for­ças mais re­a­ci­o­ná­ri­as e atra­sa­das do Bra­sil e a der­ro­ca­da da De­mo­cra­cia”. A Exe­cu­ti­va Na­ci­o­nal do par­ti­do se reu­niu em Bra­sí­lia e fez o anún­cio por meio de uma no­ta.

Adri­a­no Machado/​Reuters


A Executiva do partido de Ciro anunciou apoio a Haddad "para evitar a vitória das forças mais reacionárias e atrasadas do Brasil"

“A Exe­cu­ti­va Na­ci­o­nal do PDT reu­ni­da nes­ta quarta-​feira na se­de na­ci­o­nal do par­ti­do, em Bra­sí­lia, de­cla­ra seu apoio crí­ti­co à can­di­da­tu­ra de Fer­nan­do Had­dad pa­ra evi­tar a vi­tó­ria das for­ças mais re­a­ci­o­ná­ri­as e atra­sa­das do Bra­sil e a der­ro­ca­da da De­mo­cra­cia”, anun­ci­ou o par­ti­do.

Ci­ro Go­mes fi­cou em ter­cei­ro lu­gar no pri­mei­ro tur­no das elei­ções, que ocor­reu no úl­ti­mo do­min­go (7), e re­ce­beu 13,3 mi­lhões de vo­tos, 12,47% dos vo­tos vá­li­dos. Com a dis­pu­ta po­la­ri­za­da en­tre os can­di­da­tos Jair Bol­so­na­ro (PSL) e o can­di­da­to do PT, Ci­ro foi vis­to co­mo uma al­ter­na­ti­va do cen­tro pa­ra che­gar ao se­gun­do tur­no. Um ma­ni­fes­to vir­tu­al che­gou a fa­zer um ape­lo por uma úni­ca cha­pa do cen­tro, cha­ma­da “Al­ci­ri­na”, li­de­ra­da por Ci­ro e com apoio de Ge­ral­do Alck­min (PSDB) e Ma­ri­na Sil­va (Re­de).

Após a di­vul­ga­ção do re­sul­ta­do, Ci­ro foi ques­ti­o­na­do por jor­na­lis­tas so­bre quem apoi­a­ria no se­gun­do tur­no. Ele não anun­ci­ou a po­si­ção ofi­ci­al, mas dis­se “ele não, sem dú­vi­da”, em re­fe­rên­cia ao can­di­da­to do PSL, Bol­so­na­ro. “O meu es­pí­ri­to é de con­ti­nu­ar fa­zen­do o que eu fiz a mi­nha vi­da in­tei­ra lu­tar em de­fe­sa da de­mo­cra­cia e con­tra o fas­cis­mo”, dis­se Ci­ro no do­min­go a noi­te.

Além do PDT, o Psol e o PSB tam­bém for­ma­li­za­ra apoio à can­di­da­tu­ra de Had­dad. Gui­lher­me Bou­los, que fi­cou em dé­ci­mo lu­gar no pri­mei­ro tur­no com 617 mil vo­tos (0,58%), anun­ci­ou no pró­prio do­min­go ao can­di­da­to do PT. “Fi­ze­mos uma cam­pa­nha de ca­be­ça er­gui­da e plan­ta­mos se­men­tes pa­ra o fu­tu­ro. Agra­de­ce­mos a to­dos que de­po­si­ta­ram seus so­nhos nas ur­nas vo­tan­do 50. Ago­ra es­ta­re­mos nas ru­as pa­ra der­ro­tar o fas­cis­mo e ele­ger quem re­pre­sen­ta a de­mo­cra­cia no se­gun­do tur­no: Fer­nan­do Had­dad. #Ele­Nao”, es­cre­veu Bou­los no Twit­ter.

On­tem (10), o PSB anun­ci­ou que apoi­a­rá Had­dad, mas li­be­rou os di­re­tó­ri­os de São Pau­lo e Dis­tri­to Fe­de­ral pa­ra man­ter neu­tra­li­da­de. O par­ti­do tem can­di­da­tos ao go­ver­no nos dois par­ti­dos.

Fon­te: Con­gres­so em Fo­co

,