O Se­na­do de­ve dis­cu­tir, a par­tir des­ta terça-​feira (20), o pro­je­to que pre­vê a li­mi­ta­ção da Lei da Fi­cha Lim­pa. A ma­té­ria es­ta­va na pau­ta da Ca­sa na se­ma­na pas­sa­da, mas a ses­são aca­bou can­ce­la­da na úl­ti­ma quarta-​feira (14).

Jo­nas Pereira/​Agência Se­na­do


Projeto de lei em discussão prevê que a inelegibilidade por oito anos só possa valer para condenados após 2010. Na semana passada, sessão que discutiria a matéria foi cancelada

O pro­je­to de lei em dis­cus­são pre­vê que a ine­le­gi­bi­li­da­de por oi­to anos só pos­sa va­ler pa­ra con­de­na­dos após 2010. O pro­je­to tra­mi­ta com ur­gên­cia. No ano pas­sa­do, o Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF) de­ci­diu que a pe­na de ine­le­gi­bi­li­da­de por oi­to anos, pre­vis­ta pe­la lei pa­ra po­lí­ti­cos con­de­na­dos, po­de ser apli­ca­da a pes­so­as con­de­na­das an­tes da en­tra­da em vi­gor da Lei da Fi­cha Lim­pa, em 2010.

O pro­je­to do se­na­dor Da­lí­rio Be­ber (PSDB-​SC) aca­ba com a pos­si­bi­li­da­de e só pas­sa a va­ler pa­ra con­de­na­ções a par­tir de 2010. Se apro­va­do, po­de li­vrar aque­les que pra­ti­ca­ram e fo­ram con­de­na­dos por cri­mes in­ves­ti­ga­dos, por exem­plo, na Ope­ra­ção La­va Ja­to, de se­rem en­qua­dra­dos na lei.

Por cau­sa do re­que­ri­men­to de ur­gên­cia apro­va­do, a Co­mis­são de Cons­ti­tui­ção e Jus­ti­ça (CCJ) do Se­na­do não ana­li­sou a ma­té­ria. O pa­re­cer do co­le­gi­a­do de­ve ser apre­sen­ta­do no Ple­ná­rio. Leia a ín­te­gra do pro­je­to

Pré-sal

O pri­mei­ro item na pau­ta, en­tre­tan­to, é ou­tro pro­je­to po­lê­mi­co. Os se­na­do­res de­vem ana­li­sar o pro­je­to que per­mi­te que a Pe­tro­bras trans­fi­ra até 70% de seus di­rei­tos de ex­plo­ra­ção na área do pré-​sal pa­ra pe­tro­lei­ras pri­va­das.

O Se­na­do vai ana­li­sar o tex­to apro­va­do pe­la Câ­ma­ra em ju­lho, que pre­vê que o pe­tró­leo que ex­ce­der cin­co bi­lhões de bar­ris de­ve­rá ser li­ci­ta­do no re­gi­me de par­ti­lha de pro­du­ção, após uma re­vi­são no con­tra­to de ces­são en­tre a es­ta­tal e a União. Se­gun­do es­tu­do in­de­pen­den­te con­tra­ta­do pe­la Agên­cia Na­ci­o­nal de Pe­tró­leo (ANP), o vo­lu­me ex­ce­den­te à cap­ta­ção au­to­ri­za­da pe­la União po­de va­ri­ar en­tre 6 a 15 bi­lhões de bar­ris.

Fon­te: Con­gres­so em Fo­co

,