O pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro as­si­nou de­cre­to em que es­ta­be­le­ce que o sa­lá­rio mí­ni­mo pas­sa­rá de R$ 954 pa­ra R$ 998 es­te ano. O va­lor já es­tá em vi­gor a par­tir de ho­je (1º). Foi o pri­mei­ro de­cre­to as­si­na­do por Bol­so­na­ro, que to­mou pos­se nes­sa terça-​feira.

USP Ima­gens


Valor ficou abaixo do previsto na lei orçamentária

O de­cre­to foi pu­bli­ca­do em edi­ção ex­tra do Diá­rio Ofi­ci­al da União, as­si­na­do por Bol­so­na­ro e o mi­nis­tro da Eco­no­mia, Pau­lo Gue­des. O sa­lá­rio mí­ni­mo é usa­do co­mo re­fe­rên­cia pa­ra os be­ne­fí­ci­os as­sis­ten­ci­ais e pre­vi­den­ciá­ri­os. O mí­ni­mo é cor­ri­gi­do pe­la in­fla­ção do ano an­te­ri­or, me­di­da pe­lo Ín­di­ce Na­ci­o­nal de Pre­ços ao Con­su­mi­dor (INPC) mais a va­ri­a­ção do Pro­du­to In­ter­no Bru­to (PIB, so­ma dos bens e dos ser­vi­ços pro­du­zi­dos no país) dos dois anos an­te­ri­o­res.

Jair Bol­so­na­ro edi­tou uma me­di­da pro­vi­só­ria que es­ta­be­le­ce a or­ga­ni­za­ção bá­si­ca dos ór­gãos da Pre­si­dên­cia da Re­pú­bli­ca e dos mi­nis­té­ri­os. Em ou­tro de­cre­to, o go­ver­no al­te­ra a or­ga­ni­za­ção das en­ti­da­des da ad­mi­nis­tra­ção pú­bli­ca fe­de­ral in­di­re­ta. Fo­ram pu­bli­ca­dos tam­bém os de­cre­tos de no­me­a­ção dos no­vos mi­nis­tros.

Fon­te: Con­gres­so em Fo­co

,