O Cor­po de Bom­bei­ros de Mi­nas Ge­rais con­ta­bi­li­zou, até o iní­cio da noi­te des­te do­min­go (27), um to­tal de 58 ví­ti­mas fa­tais do rom­pi­men­to da bar­ra­gem de Cór­re­go Fei­jão, em Bru­ma­di­nho (MG). O nú­me­ro não con­si­de­ra um ôni­bus com cor­pos pró­xi­mo ao lo­cal on­de fi­ca­va o re­fei­tó­rio da mi­ne­ra­do­ra Va­le, res­pon­sá­vel pe­la bar­ra­gem, en­con­tra­do no iní­cio da noi­te.

Divulgação/​MPMG


Chance de encontrar sobrevivente é pequena, diz comandante da operação

Dos 58 mor­tos, 19 fo­ram iden­ti­fi­ca­dos até a noi­te des­te do­min­go (27). Além dis­so, a Va­le in­for­ma que ain­da há 305 pes­so­as de­sa­pa­re­ci­das. O nú­me­ro au­men­tou em re­la­ção ao que era no iní­cio do dia por­que a em­pre­sa des­co­briu mais pos­sí­veis atin­gi­dos que não es­ta­vam na lis­ta ini­ci­al, por meio de fa­mi­li­a­res de­les.

Nes­te do­min­go os re­ga­tes só acon­te­ce­ram a par­tir das 15h. As bus­cas es­ti­ve­ram in­ter­rom­pi­das a par­tir das 5h30 de­vi­so ao ris­co de rom­pi­men­to de ou­tra bar­ra­gem no com­ple­xo. A po­pu­la­ção do en­tor­no foi afas­ta­da de su­as ca­sas e os res­ga­tes fo­ram sus­pen­sos até que as au­to­ri­da­des des­car­ta­ram o ris­co de um no­vo rom­pi­men­to.

Ne­nhu­ma pes­soa foi res­ga­ta­da vi­va du­ran­te o dia. O tenente-​coronel Edu­ar­do An­ge­lo, co­man­dan­te da ope­ra­ção dos bom­bei­ros, re­co­nhe­ceu que é “bem pe­que­na” a chan­ce de ain­da ha­ver so­bre­vi­ven­tes. “Há pos­si­bi­li­da­de de se en­con­trar com vi­da sim. No en­tan­to, a li­te­ra­tu­ra que tra­ta so­bre es­se as­sun­to de­mons­tra que a par­tir de 48 ho­ras de em­pe­nho a chan­ce de en­con­trar vi­da é bem pe­que­na. Exis­te [es­sa chan­ce]? Já acon­te­ceu? Sim, já te­ve gen­te so­ter­ra­da por mais de 30 di­as, só que é nor­mal­men­te um pon­to fo­ra da cur­va”, dis­se An­ge­lo.

Uma reu­nião en­tre as au­to­ri­da­des es­tá mar­ca­da pa­ra es­ta segunda-​feira (28) às 9h.

Fon­te: Con­gres­so em Fo­co

,