Na úl­ti­ma terça-​feira, dia 2 de abril, o Sin­terc par­ti­ci­pou de reu­nião com o gru­po for­ma­do por sin­di­ca­tos par­cei­ros, com­pos­to por SEERC ABC, Sin­di­re­fei­ções Ts, Sin­ter­coj Jun­di­aí e Sin­di­ca­to dos Nu­tri­ci­o­nis­tas do Es­ta­do de São Pau­lo, e en­tre­gou a pau­ta de rei­vin­di­ca­ções da Cam­pa­nha Sa­la­ri­al 2019/​2020 ao SINDERC (Sin­di­ca­to Pa­tro­nal).

O ob­je­ti­vo prin­ci­pal de reu­nir e for­mar es­te gru­po foi lu­tar con­tra a re­ti­ra­da de di­rei­tos dos tra­ba­lha­do­res. No do­cu­men­to, os sin­di­ca­tos es­tão rei­vin­di­can­do não ape­nas um re­a­jus­te dos sa­lá­ri­os com ga­nhos re­ais aci­ma da in­fla­ção, mas tam­bém co­bran­do a ma­nu­ten­ção de to­dos os be­ne­fí­ci­os da Con­ven­ção Co­le­ti­va de Tra­ba­lho.

“As em­pre­sas usam es­ta cri­se pa­ra o seu pro­vei­to, na ten­ta­ti­va de di­mi­nuir ou re­ti­rar di­rei­tos dos tra­ba­lha­do­res e so­brar mais di­nhei­ro nos seus cai­xas”, co­men­tou Fran­cis­co Vi­a­na, di­re­tor do Sin­terc.

Es­ta­mos pron­tos pa­ra en­fren­tar mais uma cam­pa­nha sa­la­ri­al. A par­ti­ci­pa­ção e o apoio da ca­te­go­ria é fun­da­men­tal na lu­ta pe­la ma­nu­ten­ção das con­quis­tas e pe­lo re­a­jus­te sa­la­ri­al aci­ma da in­fla­ção.

A Da­ta Ba­se de ju­nho é re­fe­ren­te a Re­fei­ções Coletivas/​Cozinhas In­dus­tri­ais.