O Mi­nis­té­rio Pú­bli­co do Tra­ba­lho (MPT) re­a­li­za nes­te mês a cam­pa­nha do Maio Li­lás, pa­ra res­sal­tar a im­por­ta­ção da atu­a­ção dos sin­di­ca­tos pa­ra o tra­ba­lha­dor. O slo­gan é “Co­nhe­ça quem te re­pre­sen­ta”. De acor­do com o MPT, de 2012 a 2017 fo­ram ce­le­bra­das mais de 53 mil con­ven­ções co­le­ti­vas, as­se­gu­ran­do di­rei­tos.

A es­co­lha da cor deve-​se à ver­são de que era o li­lás o te­ci­do con­fec­ci­o­na­do pe­las mu­lhe­res que tra­ba­lha­vam em uma fá­bri­ca de No­va York em 8 de mar­ço de 1857, quan­do um in­cên­dio cri­mi­no­so ma­tou 129 de­las, que fa­zi­am gre­ve por me­lho­res sa­lá­ri­os e con­di­ções de tra­ba­lho. O epi­só­dio deu ori­gem ao Dia In­ter­na­ci­o­nal da Mu­lher.

“Es­te ano, o fo­co se­rá nas bo­as prá­ti­cas sin­di­cais e nas con­quis­tas dos tra­ba­lha­do­res, tais co­mo o di­rei­to ao avi­so pré­vio, ao 13º sa­lá­rio, à ir­re­du­ti­bi­li­da­de sa­la­ri­al, ob­ti­das pe­los sin­di­ca­tos, que re­pre­sen­tam to­da a ca­te­go­ria, se­jam os tra­ba­lha­do­res sin­di­ca­li­za­dos ou não”, afir­ma o ti­tu­lar da Co­or­de­na­do­ria Na­ci­o­nal de Pro­mo­ção da Li­ber­da­de Sin­di­cal (Co­na­lis), do MPT, João Hi­lá­rio.

O Mi­nis­té­rio Pú­bli­co in­for­mou que ape­nas no ano pas­sa­do re­gis­trou 8.151 de­nún­ci­as na área de li­ber­da­de e or­ga­ni­za­ção sin­di­cal. Is­so le­vou à aber­tu­ra de 1.277 pro­ce­di­men­tos de me­di­a­ção, ao ajui­za­men­to der 358 ações e à ce­le­bra­ção de 295 ter­mos de ajus­ta­men­to de con­du­ta (TACs).

Ain­da se­gun­do o MPT, ci­tan­do da­dos do Ca­das­tro Na­ci­o­nal de En­ti­da­des Sin­di­cais e do Di­e­e­se, ha­via em 2018 no país 11.578 sin­di­ca­tos, 424 fe­de­ra­ções e 36 con­fe­de­ra­ções de tra­ba­lha­do­res. “Se­gun­do da­dos da Re­la­ção Anu­al de In­for­ma­ções So­ci­ais, is­so abran­ge­ria, em ter­mos de re­pre­sen­ta­ção, apro­xi­ma­da­men­te 46 mi­lhões de tra­ba­lha­do­res”, afir­ma o pro­cu­ra­dor.

Fon­te: Re­de Bra­sil Atu­al

,