Oi­to me­di­das pro­vi­só­ri­as (MPs) es­tão à es­pe­ra de aná­li­se no ple­ná­rio da Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos nes­ta se­ma­na, en­tre terça-​feira (21) e quin­ta (23). Edi­ta­dos en­tre o fim do go­ver­no Mi­chel Te­mer e o iní­cio da ges­tão de Jair Bol­so­na­ro, os tex­tos te­rão de pas­sar ra­pi­da­men­te pe­la Câ­ma­ra e pe­lo Se­na­do sob o ris­co de per­de­rem a va­li­da­de. O go­ver­no já es­pe­ra que al­gu­mas me­di­das, de me­nor re­le­vân­cia, “ca­du­quem” sem se­rem apre­ci­a­das, mas ou­tras são al­vos de pre­o­cu­pa­ção.

Pa­blo Valadares/​Agência Câ­ma­ra


Líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO) quer aprovar MP 870 sem modificações que desagradaram partido

A aten­ção prin­ci­pal es­tá sob a MP 870, com a qual o go­ver­no Bol­so­na­ro pro­mo­veu sua re­for­ma ad­mi­nis­tra­ti­va. Se o tex­to não for apro­va­do nas du­as Ca­sas até o dia 3 de ju­nho, for­ça­rá o des­mon­te de to­da a es­tru­tu­ra de go­ver­no atu­al e a vol­ta ao mo­de­lo do go­ver­no Te­mer, com se­te mi­nis­té­ri­os a mais e vá­ri­os ór­gãos em pas­tas di­fe­ren­tes das quais es­tão abri­ga­dos atu­al­men­te.

No dia 9 de maio a MP foi vo­ta­da em co­mis­são es­pe­ci­al com vá­ri­as mu­dan­ças que de­sa­gra­da­ram ao PSL e ou­tros par­ti­dos – tais co­mo o au­men­to de um mi­nis­té­rio e a re­ti­ra­da do Con­se­lho de Con­tro­le de Ati­vi­da­des Fi­nan­cei­ras (Co­af) do con­tro­le do mi­nis­tro Sér­gio Mo­ro. Pa­ra ga­nhar tem­po e ten­tar re­ver­ter es­sas mu­dan­ças, es­te gru­po, re­pre­sen­ta­do pe­lo de­pu­ta­do Di­e­go Gar­cia (Podemos-​PR), obs­truiu a vo­ta­ção da MP na­que­le dia.

Em res­pos­ta, o pre­si­den­te da Câ­ma­ra, Ro­dri­go Maia (DEM-​RJ), avi­sou que o tex­to só se­ria li­do de­pois de ou­tras seis MPs (863, 865, 866, 867, 868 e 869) que fo­ram apre­sen­ta­das an­tes e, por­tan­to, têm um li­mi­te de pra­zo mais cur­to. Mas o pa­no­ra­ma ain­da é in­cer­to.

A pri­mei­ra MP na fi­la é a 863, que au­to­ri­za até 100% de ca­pi­tal es­tran­gei­ro em com­pa­nhi­as aé­re­as com se­de no Bra­sil. O tex­to per­de a vi­gên­cia na quarta-​feira (22) e pre­ci­sa pas­sar pe­los ple­ná­ri­os das du­as ca­sas. Se de ato per­der a va­li­da­de, o tex­to mu­da­rá o ce­ná­rio de uma no­vi­da­de co­me­mo­ra­da por Bol­so­na­ro no úl­ti­mo sá­ba­do (18): o mi­nis­tro da In­fra­es­tru­tu­ra, Tar­cí­sio Go­mes, anun­ci­ou que o gru­po Glo­ba­lia, da Ai­rEu­ro­pa, es­tá fun­dan­do no Bra­sil uma no­va em­pre­sa de avi­a­ção, a pri­mei­ra após a MP.

A imi­nen­te per­da de va­li­da­de da MP não pre­o­cu­pa tan­to o go­ver­no por­que ou­tra pro­pos­ta, o pro­je­to de lei 2724/​15, per­mi­te a aber­tu­ra to­tal do mer­ca­do da avi­a­ção no país ao ca­pi­tal es­tran­gei­ro. Es­se tex­to já foi apro­va­do na Câ­ma­ra e es­pe­ra apre­ci­a­ção no Se­na­do.

Veja todas as MPs que estão na fila e podem caducar até dia 3 de junho:

MP 863 - Per­mi­te 100% de ca­pi­tal es­tran­gei­ro em com­pa­nhi­as aé­re­as no Bra­sil
Data-​limite -22/​05 (quarta-​feira)
O que o tex­to pre­vê - Trans­for­ma­da em um pro­je­to de lei de con­ver­são do se­na­dor Ro­ber­to Ro­cha (PSDB-​MA), o tex­to abre to­tal­men­te a avi­a­ção bra­si­lei­ra ao ca­pi­tal es­tran­gei­ro e traz ou­tras mu­dan­ças, co­mo a vol­ta da fran­quia mí­ni­ma de ba­ga­gem em vo­os do­més­ti­cos (23 kg) e in­ter­na­ci­o­nais (va­riá­vel de acor­do com des­ti­no e ro­ta).
So­bre a aber­tu­ra às com­pa­nhi­as es­tran­gei­ras, o tex­to exi­ge que as em­pre­sas que au­men­ta­rem o li­mi­te pa­ra além de 20% ope­rem no mí­ni­mo 5% de seus vo­os em ro­tas re­gi­o­nais du­ran­te dois anos, pe­lo me­nos.

MP 865/​18 - Apor­te pa­ra a in­ter­ven­ção fe­de­ral em Ro­rai­ma
Data-​limite - 29/​05 (quarta-​feira da se­ma­na que vem)
O que o tex­to pre­vê - Abriu cré­di­to de R$ 225,7 mi­lhões pa­ra o go­ver­no fe­de­ral apli­car na in­ter­ven­ção fe­de­ral em Ro­rai­ma, em de­zem­bro do ano pas­sa­do, du­ran­te a cri­se de re­fu­gi­a­dos da Ve­ne­zu­e­la.

MP 866/​18 - Cria a es­ta­tal NAV Bra­sil, pa­ra con­tro­le de trá­fe­go aé­reo
Data-​limite - 30/​05 (quinta-​feira da se­ma­na que vem)
O que o tex­to pre­vê - A cri­a­ção da es­ta­tal NAV Bra­sil, que as­su­me o con­tro­le da na­ve­ga­ção aé­rea no país, ho­je a car­go da In­fra­e­ro. A ideia é di­mi­nuir o pre­juí­zo da In­fra­e­ro, que per­deu re­cei­ta após a privatização/​concessão de ae­ro­por­tos lu­cra­ti­vos, e con­cen­trar na NAV Bra­sil. A in­ten­ção de lon­go pra­zo go­ver­no Te­mer à épo­ca da edi­ção da MP, pla­no ado­ta­do por Bol­so­na­ro, é a ex­tin­ção gra­du­al da In­fra­e­ro, com a pri­va­ti­za­ção de to­dos os ser­vi­ços ofe­re­ci­dos por ela.

MP 867/​18 - Al­te­ra o Có­di­go Flo­res­tal
Data-​limite - 03/​06
O que o tex­to pre­vê - O tex­to edi­ta­do no fi­nal do go­ver­no Te­mer ti­nha só uma fun­ção: pror­ro­gar até o fi­nal de 2020 o pra­zo pa­ra ade­são ao Pro­gra­ma de Re­gu­la­ri­za­ção Am­bi­en­tal (PRA), me­di­da com a qual pro­pri­e­tá­ri­os ru­rais re­gu­la­ri­zam ter­ras des­ma­ta­das me­di­an­te um pla­no de re­flo­res­ta­men­to.
O tex­to apro­va­do pe­la co­mis­são que ana­li­sou o pro­je­to, po­rém, mu­dou vá­ri­as ou­tras par­tes do Có­di­go. Du­as de­las, es­pe­ci­al­men­te, pre­o­cu­pam os am­bi­en­ta­lis­tas: uma de­las ado­ta mar­cos ini­ci­ais mais re­cen­tes pa­ra a “anis­tia” pre­vis­ta no Có­di­go, o que li­vra­rá do­nos de ter­ras des­ma­ta­das há mui­to tem­po de fa­ze­rem o re­flo­res­ta­men­to. Ou­tro tre­cho de­ter­mi­na que o pra­zo pa­ra o pro­pri­e­tá­rio ade­rir ao PRA só co­me­ça­rá a con­tar quan­do ele for no­ti­fi­ca­do pe­lo ór­gão res­pon­sá­vel, o que da­rá aos ir­re­gu­la­res ain­da mais tem­po pa­ra adequarem-​se à lei.

MP 868/​18 - Fa­ci­li­ta a pri­va­ti­za­ção de ser­vi­ços de sa­ne­a­men­to
Data-​limite - 03/​06
O que o tex­to pre­vê - A me­di­da proí­be aos mu­ni­cí­pi­os con­tra­ta­rem di­re­ta­men­te es­ta­tais de sa­ne­a­men­to com dis­pen­sa de li­ci­ta­ção O dis­po­si­ti­vo foi pen­sa­do pa­ra es­ti­mu­lar a con­cor­rên­cia e a ex­pan­são da ini­ci­a­ti­va pri­va­da no abas­te­ci­men­to de água e co­le­ta de es­go­to, es­pe­ci­al­men­te. A me­di­da tam­bém es­ta­be­le­ce a for­ma­ção de blo­cos re­gi­o­nais pa­ra a con­tra­ta­ção dos ser­vi­ços e pror­ro­ga o pra­zo pa­ra o fim dos li­xões.

MP 869/​18 - Re­cria a a Au­to­ri­da­de Na­ci­o­nal de Pro­te­ção de Da­dos (ANPD)
Data-​limite - 03/​06
O que o tex­to pre­vê - A me­di­da al­te­ra a lei de tra­ta­men­to de da­dos (Lei 13.709/18) pa­ra re­cri­ar a Au­to­ri­da­de Na­ci­o­nal de Pro­te­ção de Da­dos (ANPD), ór­gão res­pon­sá­vel por apli­car pu­ni­ções a in­fra­to­res, tais co­mo a sus­pen­são do fun­ci­o­na­men­to de ban­cos de da­dos por até seis me­ses e a proi­bi­ção do de ati­vi­da­des li­ga­das a tra­ta­men­to de in­for­ma­ções. A cri­a­ção da ANPD já es­ta­va pre­vis­ta na apro­va­ção da lei, mas o ex-​presidente Te­mer ve­tou es­te tre­cho quan­do san­ci­o­nou a le­gis­la­ção, em agos­to do ano pas­sa­do.
A MP tam­bém in­vi­a­bi­li­za, na saú­de pri­va­da, a ne­ga­ção de aces­so a da­dos ou a se­le­ção de ris­co pa­ra se­gu­ros mé­di­cos e pla­nos de saú­de. Da­dos pes­so­ais de saú­de só po­de­rão ser com­par­ti­lha­dos em pro­ce­di­men­tos re­a­li­za­dos por pro­fis­si­o­nais de saú­de, ser­vi­ços de saú­de ou au­to­ri­da­de sa­ni­tá­ria.

MP 870/​18 - Re­for­ma ad­mi­nis­tra­ti­va do go­ver­no Bol­so­na­ro
Data-​limite - 03/​06
O que o tex­to pre­vê - Foi com es­te tex­to que Bol­so­na­ro de­se­nhou seu go­ver­no, re­du­zin­do os 29 mi­nis­té­ri­os de Te­mer pa­ra os 22 atu­ais e mu­dan­do de lu­gar o con­tro­le de vá­ri­os ór­gãos pú­bli­cos. Ao pas­sar pe­la co­mis­são es­pe­ci­al que ana­li­sou o tex­to, a MP ga­nhou qua­tro mo­di­fi­ca­ções, es­pe­ci­al­men­te, que de­sa­gra­dam a ba­se bol­so­na­ris­ta, in­clu­si­ve o PSL: re­cria os mi­nis­té­ri­os das Ci­da­des e da In­te­gra­ção Na­ci­o­nal, no lu­gar da atu­al pas­ta de De­sen­vol­vi­men­to Re­gi­o­nal; ti­ra o Co­af das mãos de Mo­ro e de­vol­ve o ór­gão ao Mi­nis­té­rio da Eco­no­mia; li­mi­ta po­de­res de in­ves­ti­ga­ção de au­di­to­res da Re­cei­ta Fe­de­ral; e de­vol­ve a Mo­ro o co­man­do so­bre a Fun­da­ção Na­ci­o­nal do Ín­dio (Fu­nai), ór­gão que Bol­so­na­ro de­le­gou à mi­nis­tra da Mu­lher, Fa­mí­lia e Di­rei­tos Hu­ma­nos, Da­ma­res Al­ves.

MP 871/​19 - Com­ba­te frau­des no Ins­ti­tu­to Na­ci­o­nal do Se­gu­ro So­ci­al (INSS)
Data-​limite - 03/​06
O que o tex­to pre­vê - Ins­ti­tui um pro­gra­ma de aná­li­se de be­ne­fí­ci­os com ir­re­gu­la­ri­da­de e ou­tro pa­ra re­ver be­ne­fí­ci­os por in­ca­pa­ci­da­de. Tam­bém de­ter­mi­na que a de­cla­ra­ção sin­di­cal não ser­vi­rá mais co­mo meio de com­pro­va­ção pa­ra ob­ter a apo­sen­ta­do­ria ru­ral.

MP 872/​19 - Am­plia o pra­zo pa­ra o pa­ga­men­to de gra­ti­fi­ca­ções a ser­vi­do­res ce­di­dos à AGU
Data-​limite - 03/​06
O que o tex­to pre­vê - Al­te­ra a Lei nº 10.480, de 2 de ju­lho de 2002, pa­ra pror­ro­gar o pra­zo de re­ce­bi­men­to de gra­ti­fi­ca­ções pe­los ser­vi­do­res ou em­pre­ga­dos que, lo­ta­dos em ou­tros ór­gãos, são re­qui­si­ta­dos pe­la Advocacia-​Geral da União.

Fon­te: Con­gres­so em Fo­co

,