A de­pu­ta­da Joi­ce Has­sel­mann, que foi re­ti­ra­da da li­de­ran­ça do go­ver­no na úl­ti­ma se­ma­na, com­pa­rou o pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro ao PT. A fa­la po­lê­mi­ca foi fei­ta em li­ve nes­te do­min­go (20). Se­gun­do Joi­ce, ela fa­lou por mais de uma vez pa­ra Bol­so­na­ro que não é cor­re­to trair um ali­a­do. “Não se po­de fa­zer is­so com um ami­go co­mo o San­tos Cruz, não se po­de fa­zer is­so com o Be­bi­a­no que era seu ami­go. Não se tra­ta ali­a­dos des­sa for­ma. Não se dei­xa as pes­so­as fe­ri­das pe­lo meio do ca­mi­nho. Não se ex­plo­de re­pu­ta­ções. Is­so é coi­sa do PT”, dis­se Has­sel­mann, re­gis­tran­do o que su­pos­ta­men­te te­ria di­to ao pre­si­den­te.

Luis Macedo/​Câmara dos De­pu­ta­dos


A deputada Joice Hasselmann (PSL) comparou o presidente Jair Bolsonaro ao PT

A ex-​líder tem tro­ca­do far­pas pú­bli­cas com Edu­ar­do Bol­so­na­ro (PSL-​SP), fi­lho do pre­si­den­te que ten­tou, sem su­ces­so, der­ru­bar o lí­der do par­ti­do na Câ­ma­ra na úl­ti­ma se­ma­na. Na noi­te de sá­ba­do (19) Edu­ar­do fez uma li­ve e afir­mou que a der­ro­ta que ele e o pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca ti­ve­ram foi por­que a de­pu­ta­da de pri­mei­ro man­da­to, Joi­ce Has­sel­mann, te­ria tra­ba­lha­do nos bas­ti­do­res e con­se­gui­do mais as­si­na­tu­ras a fa­vor do De­le­ga­do Wal­dir (PSL-​GO) do que ele e o pre­si­den­te.

Quan­to a es­ta ten­ta­ti­va, Joi­ce afir­mou que o que Bol­so­na­ro fez é er­ra­do. “Vo­cê não po­de usar a es­tru­tu­ra do Pa­lá­cio [do Pla­nal­to], a es­tru­tu­ra do Exe­cu­ti­vo pa­ra in­ter­fe­rir em ou­tro po­der, pa­ra in­ter­fe­rir no Le­gis­la­ti­vo”, dis­se Joi­ce em re­fe­rên­cia as li­ga­ções que Bol­so­na­ro te­ria fei­to pa­ra con­ven­cer de­pu­ta­dos da ala bi­va­ris­ta a apoi­a­rem o no­me do fi­lho.

A de­pu­ta­da não pou­pou crí­ti­cas aos fi­lhos do pre­si­den­te. Em uma sequên­cia só, ela ata­cou Car­los, ve­re­a­dor do Rio de Ja­nei­ro que é co­nhe­ci­do por cau­sar po­lê­mi­cas no Twit­ter, Flá­vio im­pli­ca­do no ca­so Quei­roz e Edu­ar­do Bol­so­na­ro, que além de ten­tar as­su­mir a li­de­ran­ça do par­ti­do tem lu­ta­do pa­ra se tor­nar em­bai­xa­dor. “É ne­gó­cio de Quei­roz pra cá. Ne­gó­cio do fi­lho que fi­ca twe­e­tan­do pra lá. Ou o ne­gó­cio do Edu­ar­do que ser quer em­bai­xa­dor, quer ser is­so e quer ser aqui­lo”, dis­se a de­pu­ta­da ao afir­mar que os fi­lhos atra­pa­lham o go­ver­no do pai.

Joi­ce Has­sel­mann tam­bém re­gis­trou os ata­ques vir­tu­ais que es­tá so­fren­do. “Quan­to a cam­pa­nha, já es­tou de olho no que tem nes­sa cam­pa­nha que es­tá sen­do fei­ta con­tra mim, o que tem de di­nhei­ro pú­bli­co, né?”.

Fon­te: Con­gres­so em Fo­co

,