O pre­si­den­te do Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF), mi­nis­tro Di­as Tof­fo­li, de­ter­mi­nou que o Ban­co Cen­tral (BC) en­vi­as­se ao Su­pre­mo uma có­pia de to­dos os re­la­tó­ri­os de in­te­li­gên­cia fi­nan­cei­ra (RIF) pro­du­zi­dos pe­lo an­ti­go Con­se­lho de Con­tro­le de Ati­vi­da­des Fi­nan­cei­ras (Co­af) nos úl­ti­mos três anos.

Nel­son Jr/​STF


Ministro Dias Toffoli

Os da­dos men­ci­o­nam 600 mil pes­so­as, sen­do 412,5 mil fí­si­cas e 186,2 mil ju­rí­di­cas, e já es­tão dis­po­ní­veis pa­ra aces­so do ma­gis­tra­do. A jus­ti­fi­ca­ti­va do pre­si­den­te da Cor­te pa­ra so­li­ci­tar os da­dos é en­ten­der o pro­ce­di­men­to de ela­bo­ra­ção e tra­mi­ta­ção dos re­la­tó­ri­os fi­nan­cei­ros.

A de­ter­mi­na­ção de Tof­fo­li foi fei­ta em 25 de ou­tu­bro, no âm­bi­to do mes­mo pro­ces­so que o mi­nis­tro sus­pen­deu to­das as in­ves­ti­ga­ções do país que usa­ram da­dos de ór­gãos de con­tro­le, co­mo o Co­af e a Re­cei­ta Fe­de­ral, sem au­to­ri­za­ção pré­via da Jus­ti­ça.

Na oca­sião, o ma­gis­tra­do aten­deu a um pe­di­do de li­mi­nar fei­to pe­la de­fe­sa do se­na­dor Flá­vio Bol­so­na­ro (PSL-​RJ), que era al­vo de uma in­ves­ti­ga­ção do Mi­nis­té­rio Pú­bli­co do Rio de Ja­nei­ro. As in­for­ma­ções são da Fo­lha de S. Pau­lo.

Em res­pos­ta à so­li­ci­ta­ção do STF, o Co­af, que ago­ra se cha­ma Uni­da­de de In­te­li­gên­cia Fi­nan­cei­ra (UIF), afir­mou em ofí­cio que a me­di­da traz sé­ri­os ris­cos a in­ves­ti­ga­ções em an­da­men­to e pe­diu cau­te­la na pro­te­ção dos da­dos. Se­gun­do a UIF, as in­for­ma­ções di­zem res­pei­to a “um nú­me­ro con­si­de­rá­vel de pes­so­as ex­pos­tas po­li­ti­ca­men­te e de pes­so­as com prer­ro­ga­ti­va de fo­ro por fun­ção”.

Apreensão e reação

O pe­di­do de Tof­fo­li pro­vo­cou apre­en­são en­tre mem­bros do go­ver­no. De acor­do com a Fo­lha, há in­te­gran­tes da fa­mí­lia Bol­so­na­ro men­ci­o­na­dos nos do­cu­men­tos ob­ti­dos pe­lo Su­pre­mo.

O procurador-​geral da Re­pú­bli­ca, Au­gus­to Aras, de­ve re­ce­ber um pa­re­cer in­ter­no de um mem­bro do Mi­nis­té­rio Pú­bli­co Fe­de­ral (MPF) que con­sul­tou a UIF so­bre os ris­cos da de­ci­são do pre­si­den­te da Cor­te. A PGR es­tu­da ado­tar me­di­das pa­ra ques­ti­o­nar o pe­di­do de Tof­fo­li.

Em res­pos­ta à re­por­ta­gem da Fo­lha, o pre­si­den­te do Su­pre­mo dis­se que o pro­ces­so que dis­cu­te o as­sun­to cor­re sob si­gi­lo e que, por is­so, não po­de se ma­ni­fes­tar.

Fon­te: Con­gres­so em Fo­co

,