Bolsonaro reajusta salário mínimo, que passa a R$ 1.045

quarta-feira, 15 de janeiro de 2020 08:54 Notícias

O pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro (sem par­ti­do) anun­ci­ou nes­ta terça-​feira (14) que o go­ver­no vai re­a­jus­tar o va­lor do sa­lá­rio mí­ni­mo pa­ra re­com­por as per­das da in­fla­ção, pas­san­do de R$ 1.039 pa­ra R$ 1.045. O va­lor de­ve co­me­çar a va­ler a par­tir de fe­ve­rei­ro.

Reprodução/​Congresso em Fo­co

A mu­dan­ça na quan­tia ocor­re após o re­sul­ta­do do Ín­di­ce Na­ci­o­nal de Pre­ços do Con­su­mi­dor (INPC), men­su­ra­do pe­lo Ins­ti­tu­to Bra­si­lei­ro de Ge­o­gra­fia e Es­ta­tís­ti­ca (IBGE), in­di­car um va­lor mai­or que o pre­vis­to pe­lo mer­ca­do fi­nan­cei­ro, que ser­viu co­mo ba­se pa­ra o cál­cu­lo que ha­via de­fi­ni­do o va­lor do sa­lá­rio mí­ni­mo.

Com a mu­dan­ça, o va­lor do sa­lá­rio mí­ni­mo su­pe­ra a va­ri­a­ção do INPC, que foi de 4,48% en­tre 2019 e 2020. O ín­di­ce é uti­li­za­do co­mo ba­se pa­ra o cál­cu­lo do pi­so sa­la­ri­al e pa­ra re­a­jus­tes de be­ne­fí­ci­os pre­vi­den­ciá­ri­os, ape­sar do me­di­dor ofi­ci­al da in­fla­ção do go­ver­no ser o Ín­di­ce Na­ci­o­nal de Pre­ços ao Con­su­mi­dor Am­plo (IPCA), que foi de 4,31% no ano pas­sa­do.

A mu­dan­ça no va­lor foi anun­ci­a­da na tar­de de ho­je, após o pre­si­den­te se reu­nir com o mi­nis­tro da Eco­no­mia, Pau­lo Gue­des, na se­de da pas­ta. De acor­do com Bol­so­na­ro, a al­te­ra­ção se­rá fei­ta por meio de uma me­di­da pro­vi­só­ria.

“Ti­ve­mos uma in­fla­ção atí­pi­ca em de­zem­bro. Não es­pe­rá­va­mos que ela fos­se tão al­ta as­sim. Foi ba­si­ca­men­te da car­ne, e tí­nha­mos que fa­zer com que o va­lor do sa­lá­rio mí­ni­mo fos­se man­ti­do. En­tão, ele pas­sa, via me­di­da pro­vi­só­ria, de R$ 1.039 pa­ra R$ 1.045 a par­tir de 1º de fe­ve­rei­ro”, afir­mou.

Tam­bém pre­sen­te no anún­cio, Gue­des afir­mou que o “es­pí­ri­to” da mu­dan­ça é ga­ran­tir o po­der de com­pra dos bra­si­lei­ros.

“O pre­si­den­te já ti­nha au­men­ta­do em R$ 2 em ja­nei­ro aci­ma da in­fla­ção pa­ra pa­gar jus­ta­men­te um er­ro co­me­ti­do no ano pas­sa­do. A in­fla­ção veio um pou­co aci­ma tam­bém [do es­pe­ra­do] e [o sa­lá­rio mí­ni­mo] fi­cou R$ 2 abai­xo no ano in­tei­ro [de 2019]. Pa­ra não re­pe­tir is­so, o pre­si­den­te fa­lou: ‘Va­mos já cor­ri­gir a par­tir de fe­ve­rei­ro’ ”, dis­se Gue­des.

Fon­te: Con­gres­so em Fo­co

,