O ex-​ministro da Jus­ti­ça Sér­gio Mo­ro foi ao Twit­ter nes­ta terça-​feira (5) pa­ra re­cla­mar de fa­ke news con­tra ele. “Se­rá que aban­do­na­mos to­da e qual­quer dig­ni­da­de?”, es­cre­veu Mo­ro. Des­de que dei­xou o go­ver­no, em 24 de abril, Mo­ro tem re­cla­ma­do de ata­ques de ali­a­dos do pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro con­tra ele.

Isa­ac Medeiros/​MJSP


Ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro

Des­ta vez, a no­tí­cia fal­sa atri­buía ao ex-​ministro do Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral Car­los Ay­res Brit­to uma car­ta que di­zia que o ex-​ministro Mo­ro foi in­fil­tra­do no go­ver­no fe­de­ral por opo­si­to­res do pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro pa­ra des­truir sua gestão.

A au­to­ria foi ne­ga­da tan­to pe­lo per­fil pes­so­al do ju­ris­ta no Twit­ter quan­to pe­lo seu es­cri­tó­rio de ad­vo­ca­cia. A pu­bli­ca­ção foi dis­se­mi­na­da uma se­ma­na de­pois de Mo­ro dei­xar o governo.

Nos úl­ti­mos di­as, Mo­ro tem uti­li­za­do o Twit­ter com frequên­cia. Em uma men­sa­gem pu­bli­ca­da em 3 de maio, ele es­cre­veu: “Há le­al­da­des mai­o­res do que as pes­so­ais.” An­tes de dei­xar o go­ver­no, Mo­ro acu­sou o pre­si­den­te Bol­so­na­ro de ten­tar in­ter­fe­rir na Po­lí­cia Federal.

A ima­gem de ca­pa do ex-​juiz da La­va Ja­to é uma ima­gem com os di­ze­res: “Fa­ça a coi­sa cer­ta sempre”.

Fon­te: Con­gres­so em Foco

,