O Ple­ná­rio do Se­na­do apro­vou nes­ta terça-​feira (19), por 75 vo­tos a 1, o pro­je­to que sus­pen­de a apli­ca­ção de pro­vas e exa­mes, co­mo o Exa­me Na­ci­o­nal do En­si­no Mé­dio (Enem), em ca­sos de ca­la­mi­da­de pú­bli­ca (PL 1277/​2020). Na prá­ti­ca, o pro­je­to adia a re­a­li­za­ção do Enem de 2020 em vir­tu­de da pan­de­mia de covid-​19. O pro­je­to se­gue pa­ra aná­li­se da Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos.

Mar­cel­lo Casal/​Agência Bra­sil

O úni­co vo­to con­trá­rio foi do se­na­dor Flá­vio Bol­so­na­ro (Republicanos-​RJ). A pró­pria li­de­ran­ça do go­ver­no no Se­na­do ori­en­tou fa­vo­ra­vel­men­te ao pro­je­to. O se­na­dor Edu­ar­do Bra­ga (MDB-​AM) re­gis­trou vo­to não, mas após di­vul­ga­ção do re­sul­ta­do pe­diu cor­re­ção de seu vo­to ale­gan­do er­ro no re­gis­tro ele­trô­ni­co.

O tex­to do re­la­tor, se­na­dor Izal­ci Lu­cas (PSDB-​DF), au­to­ri­za o Ins­ti­tu­to Na­ci­o­nal de Es­tu­dos e Pes­qui­sas Edu­ca­ci­o­nais Aní­sio Tei­xei­ra (Inep) a re­a­li­zar to­das as eta­pas pre­pa­ra­tó­ri­as do Exa­me Na­ci­o­nal do En­si­no Mé­dio de 2020. O re­la­tor, po­rém, não de­fi­niu da­ta pa­ra re­a­li­za­ção do Enem, ape­nas con­si­de­ran­do que a re­a­ber­tu­ra de ins­cri­ções de­ve­rá ob­ser­var a re­gu­la­ri­za­ção das au­las. Is­so sig­ni­fi­ca que o exa­me fi­ca­rá pror­ro­ga­do até que o ano le­ti­vo de 2020 no en­si­no mé­dio se­ja con­cluí­do.

O lí­der do go­ver­no no Se­na­do, Fer­nan­do Be­zer­ra Co­e­lho (MDB-​PE), ma­ni­fes­tou pre­o­cu­pa­ção com a não de­fi­ni­ção de no­va da­ta e de­fen­deu que um li­mi­te tem­po­ral se­ja es­ti­pu­la­do pa­ra a re­a­li­za­ção do exa­me. Se­gun­do ele, es­sa de­fi­ni­ção vi­sa não pre­ju­di­car o iní­cio do ano le­ti­vo em 2021.

“A gen­te não ti­nha co­mo não to­mar es­sa de­ci­são, até por­que foi pra­ti­ca­men­te pe­la una­ni­mi­da­de dos lí­de­res”, dis­se o pre­si­den­te Da­vi Al­co­lum­bre (DEM-​AP), ci­tan­do con­sen­so en­tre os par­ti­dos. Ele res­sal­tou que o go­ver­no foi pro­cu­ra­do, mas fri­sou que o Par­la­men­to te­ve que de­li­be­rar so­bre o as­sun­to pa­ra dar uma res­pos­ta à so­ci­e­da­de.

A ini­ci­a­ti­va do pro­je­to é da se­na­do­ra Da­ni­el­la Ri­bei­ro (PP-​PB), que te­ve co­mo ba­se o im­pas­se pro­vo­ca­do pe­la pan­de­mia de co­ro­na­ví­rus no país, a res­pei­to do adi­a­men­to ou ma­nu­ten­ção do ca­len­dá­rio do exa­me 2020, pre­vis­to pa­ra no­vem­bro.

A de­ci­são pe­la in­clu­são da ma­té­ria na pau­ta de ho­je foi to­ma­da pe­los lí­de­res par­ti­dá­ri­os em reu­nião na segunda-​feira (18). O re­la­tor da ma­té­ria fri­sou que a re­a­li­da­de edu­ca­ci­o­nal bra­si­lei­ra é mui­to de­si­gual e en­ten­deu que a ma­nu­ten­ção do ca­len­dá­rio do exa­me nas atu­ais cir­cuns­tân­ci­as ape­nas acen­tua as di­fe­ren­ças exis­ten­tes. “Co­mo se sa­be, a es­ma­ga­do­ra mai­o­ria dos es­tu­dan­tes bra­si­lei­ros de­pen­de da es­co­la pú­bli­ca, que, em ge­ral, pos­sui co­nhe­ci­das de­fi­ci­ên­ci­as”, es­cre­veu ele em seu pa­re­cer.

O se­na­dor lem­bra, ain­da, que os alu­nos das es­co­las pú­bli­cos não ti­ve­ram se­quer dois me­ses de au­la com­ple­ta­dos nes­te ano le­ti­vo e se­ria in­jus­to submetê-​los a uma con­cor­rên­cia ain­da mais de­si­gual.

Al­guns se­na­do­res cri­ti­ca­ram a po­si­ção do mi­nis­tro da edu­ca­ção, Abraham Wein­traub, fren­te ao as­sun­to. Pa­ra o se­na­dor Ran­dol­fe Ro­dri­gues (Rede-​AP), “o go­ver­no Jair Bol­so­na­ro não com­pre­en­de a di­men­são da cri­se que nós es­ta­mos vi­ven­do. Adi­ar o Enem é re­co­nhe­ci­men­to da de­si­gual­da­de so­ci­al que tem o nos­so país”.

Ho­ras an­tes da vo­ta­ção, Wein­traub anun­ci­ou a in­ten­ção de fa­zer uma con­sul­ta aos ins­cri­tos na úl­ti­ma se­ma­na de ju­nho, atra­vés da “Pá­gi­na do Par­ti­ci­pan­te”. Ele tem de­fen­di­do que ain­da não é ho­ra de adi­ar a pro­va.

Mais ce­do, o pre­si­den­te da Câ­ma­ra, Ro­dri­go Maia (DEM-​RJ), dis­se que há mai­o­ria na­que­la Ca­sa pa­ra apro­var a sus­pen­são do Enem. De­pu­ta­dos da Fren­te Par­la­men­tar Mis­ta da Edu­ca­ção re­sol­ve­ram apoi­ar o pro­je­to do Se­na­do, que irá à Câ­ma­ra.

Fon­te: Con­gres­so em Fo­co

,