O go­ver­na­dor de São Pau­lo, João Do­ria, anun­ci­ou ho­je (24) que as au­las pre­sen­ci­ais na re­de de en­si­no do es­ta­do vol­ta­rão a par­tir de 8 de se­tem­bro, em sis­te­ma de ro­dí­zio. Se­gun­do Do­ria, a me­di­da afe­ta 13,3 mi­lhões de alu­nos tan­to da re­de pú­bli­ca quan­to da re­de pri­va­da e con­tem­pla to­das as eta­pas de en­si­no, do in­fan­til ao uni­ver­si­tá­rio de São Pau­lo.

Arquivo/​Agência Bra­sil

O anún­cio fei­to ho­je te­rá as re­gras pu­bli­ca­das em de­cre­to no dia 2 de ju­lho. “Cons­truí­mos um pla­no com pro­to­co­los bem de­fi­ni­dos de dis­tan­ci­a­men­to so­ci­al, mo­ni­to­ra­men­to de saú­de dos alu­nos, hi­gi­e­ne pes­so­al e dos am­bi­en­tes es­co­la­res, pa­ra ga­ran­tir es­sa se­gu­ran­ça nas es­co­las pú­bli­cas mu­ni­ci­pais, es­ta­du­ais e tam­bém a re­co­men­da­ção pa­ra as es­co­las pri­va­das em to­do o es­ta­do de São Pau­lo”, dis­se o go­ver­na­dor João Do­ria.

As au­las pre­sen­ci­ais na re­de es­ta­du­al de São Pau­lo es­tão sus­pen­sas des­de o dia 23 de mar­ço co­mo me­di­da de con­tro­le da pro­pa­ga­ção do no­vo co­ro­na­ví­rus. Atu­al­men­te, as au­las das es­co­las es­ta­du­ais ocor­rem de for­ma re­mo­ta e on­li­ne, sen­do trans­mi­ti­das por meio do apli­ca­ti­vo Cen­tro de Mí­di­as SP (CMSP), pla­ta­for­ma cri­a­da pe­la se­cre­ta­ria de Edu­ca­ção du­ran­te a pan­de­mia do no­vo co­ro­na­ví­rus. Ela tam­bém é trans­mi­ti­da por meio dos ca­nais di­gi­tais na TV 2.2 - TV Uni­vesp e 2.3 - TV Edu­ca­ção.

O re­tor­no às au­las foi pla­ne­ja­do com ba­se no Pla­no São Pau­lo de re­to­ma­da econô­mi­ca do es­ta­do. O Pla­no São Pau­lo é di­vi­di­do em cin­co fa­ses que vão do ní­vel má­xi­mo de res­tri­ção de ati­vi­da­des não es­sen­ci­ais (ver­me­lho) a eta­pas iden­ti­fi­ca­das co­mo con­tro­le (la­ran­ja), fle­xi­bi­li­za­ção (ama­re­lo), aber­tu­ra par­ci­al (ver­de) e nor­mal con­tro­la­do (azul).

O se­cre­tá­rio es­ta­du­al de Edu­ca­ção, Ros­si­e­li So­a­res, que se re­cu­pe­ra em ca­sa após uma in­ter­na­ção por covid-​19, par­ti­ci­pou da co­le­ti­va de anún­cio da re­to­ma­da das au­las de for­ma vir­tu­al. Se­gun­do ele, a vol­ta as au­las se­rá de for­ma con­jun­ta pa­ra to­das as ci­da­des do es­ta­do, con­si­de­ran­do que, nes­sa da­ta es­ti­ma­da de re­tor­no, to­do o es­ta­do pau­lis­ta já es­te­ja na fa­se ama­re­la de fle­xi­bi­li­za­ção da eco­no­mia há pe­lo me­nos 28 di­as. “O re­tor­no se­rá jun­to e so­men­te após 28 di­as den­tro do ama­re­lo [da fa­se ama­re­la de fle­xi­bi­li­za­ção pre­vis­ta no Pla­no São Pau­lo]”, dis­se So­a­res.

O re­tor­no com­ple­to das au­las, com a to­ta­li­da­de dos alu­nos e pro­fes­so­res, só acon­te­ce­rá quan­do a qua­se to­ta­li­da­de (80%) das re­giões do es­ta­do es­ti­ve­rem na fa­se ver­de de re­a­ber­tu­ra.

Etapas para retorno às aulas

Os alu­nos vol­ta­rão às au­las de for­ma gra­du­al. Na pri­mei­ra eta­pa, pre­vis­ta pa­ra ser ini­ci­a­da no dia 8 de se­tem­bro, até 35% dos alu­nos po­de­rão vol­tar às au­las pre­sen­ci­ais, res­pei­tan­do o dis­tan­ci­a­men­to de 1,5 me­tro. Is­so de­ve­rá ser fei­to em for­ma de ro­dí­zio e, com o res­tan­te dos alu­nos se­guin­do em au­las re­mo­tas e on­li­ne. “A re­to­ma­da vai ocor­rer em três eta­pas. A pri­mei­ra eta­pa é o re­tor­no de até 35% des­te pú­bli­co, des­de que se pre­ser­vem o dis­tan­ci­a­men­to de 1,5 me­tro. Es­se per­cen­tu­al é im­por­tan­te por­que é co­mo ire­mos con­se­guir cum­prir os pro­to­co­los [de saú­de, pa­ra evi­tar a pro­pa­ga­ção da do­en­ça]”, ex­pli­cou Ros­si­e­li So­a­res.

Ou se­ja, em uma uni­da­de es­co­lar com mil es­tu­dan­tes, so­men­te 350 po­de­rão ter au­las pre­sen­ci­ais a ca­da dia, en­quan­to que os de­mais con­ti­nu­a­rão a cum­prir ati­vi­da­des re­mo­tas. Ca­da es­co­la de­ve­rá de­fi­nir o re­ve­za­men­to de alu­nos, e ca­da es­tu­dan­te de­ve­rá ter ao me­nos um dia de au­la pre­sen­ci­al por se­ma­na, des­de que não es­te­ja no gru­po de ris­co pa­ra a do­en­ça.

Já na se­gun­da eta­pa de re­tor­no, po­de­rão vol­tar às au­las 70% dos alu­nos. “Pa­ra ir­mos pa­ra a se­gun­da eta­pa, 60% dos de­par­ta­men­tos re­gi­o­nais de saú­de do es­ta­do já de­ve­rão es­tar, den­tro de um ci­clo de 14 di­as, no ver­de [fa­se ver­de do Pla­no São Pau­lo]”, ex­pli­cou So­a­res. Se uma re­gião re­gre­dir pa­ra as fa­ses mais res­tri­ti­vas do Pla­no São Pau­lo – ver­me­lha ou la­ran­ja, a re­a­ber­tu­ra das es­co­las se­rá sus­pen­sa em to­das as ci­da­des da­que­la área. A ter­cei­ra eta­pa já con­si­de­ra a to­ta­li­da­de dos alu­nos de for­ma pre­sen­ci­al.

Protocolos

Os pro­fis­si­o­nais da área de edu­ca­ção e os alu­nos que com­põem o gru­po de ris­co pa­ra a covid-​19 [do­en­ça pro­vo­ca­da pe­lo no­vo co­ro­na­ví­rus], se­ja por ida­de ou por apre­sen­tar co­mor­bi­da­des, de­ve­rão per­ma­ne­cer em ca­sa, dis­se So­a­res.

Já os alu­nos, fun­ci­o­ná­ri­os e pro­fes­so­res que es­ti­ve­rem na es­co­la te­rão que fa­zer uso obri­ga­tó­rio de más­ca­ra nas au­las pre­sen­ci­ais. “Se o alu­no não es­ti­ver de más­ca­ra, não po­de­rá per­ma­ne­cer na es­co­la”, dis­se o se­cre­tá­rio.

Se­rão or­ga­ni­za­das as en­tra­das e saí­das dos alu­nos pa­ra evi­tar aglo­me­ra­ção e ho­rá­ri­os de pi­co no trans­por­te pú­bli­co. Re­a­li­za­ção de fei­ras, pa­les­tras, se­mi­ná­ri­os, as­sem­blei­as ou cam­pe­o­na­tos es­por­ti­vos es­co­la­res es­ta­rão proi­bi­dos. Os ho­rá­ri­os de in­ter­va­lo ou re­creio se­rão fei­tos com re­ve­za­men­to de tur­mas e em ho­rá­ri­os al­ter­na­dos. E as ati­vi­da­des fí­si­cas de­ve­rão ser fei­tas prin­ci­pal­men­te ao ar li­vre. A sa­la de au­la te­rá que ser ven­ti­la­da, de pre­fe­rên­cia com as por­tas aber­tas.

So­a­res dis­se ain­da que se­rão dis­po­ni­bi­li­za­dos equi­pa­men­tos de pro­te­ção in­di­vi­du­al (EPIs) pa­ra fun­ci­o­ná­ri­os das es­co­las es­ta­du­ais, se­gun­do ca­da ti­po de ati­vi­da­de. Tam­bém se­rão dis­tri­buí­das más­ca­ras. Os ba­nhei­ros das es­co­las te­rão que ser hi­gi­e­ni­za­dos a ca­da três ho­ras, no mí­ni­mo. E o li­xo tam­bém te­rá que ser re­ti­ra­do ao me­nos três ve­zes por dia.

Pro­to­co­los es­pe­cí­fi­cos so­bre a vol­ta às au­las, co­mo o de quem se­rão os alu­nos que vão com­por os 35% de re­tor­no pa­ra a es­co­la, es­tão sen­do ela­bo­ra­dos pe­la Se­cre­ta­ria de Edu­ca­ção e se­rão di­vul­ga­dos em bre­ve. Um dos pro­to­co­los que es­tá em es­tu­do, dis­se o se­cre­tá­rio, é o que vai es­ta­be­le­cer a tes­ta­gem de pro­fes­so­res e fun­ci­o­ná­ri­os, prin­ci­pal­men­te dos sin­to­má­ti­cos. Ou­tro as­sun­to que es­tá em es­tu­do pe­lo go­ver­no pau­lis­ta é o que pre­vê um quar­to ano do En­si­no Mé­dio, de for­ma op­ta­ti­va, pa­ra alu­nos que es­te­jam con­cluin­do o cur­so em 2020 e que quei­ram se pre­pa­rar me­lhor pa­ra a uni­ver­si­da­de.

Já as ins­ti­tui­ções de en­si­no ou re­de te­rão au­to­no­mia pa­ra es­co­lher as me­lho­res es­tra­té­gi­as jun­to com a co­mu­ni­da­de es­co­lar ou aca­dê­mi­ca. As pre­fei­tu­ras são autô­no­mas pa­ra re­gu­la­men­tar o pla­no de re­to­ma­da a par­tir do dia 2 de ju­lho.

Recuperação

A Se­cre­ta­ria da Edu­ca­ção es­ti­ma que o pla­no de re­cu­pe­ra­ção de en­si­no de­ve du­rar pe­lo me­nos até 2022, ou se­ja, não adi­an­ta­rá es­ten­der au­las pa­ra os me­ses de fé­ri­as pa­ra re­cu­pe­rar o tem­po que foi per­di­do por cau­sa da qua­ren­te­na. “Es­ta re­cu­pe­ra­ção, não adi­an­ta es­ten­der por mais um mês ou dois me­ses. Não se­rá is­so que vai re­sol­ver o pro­ble­ma da apren­di­za­gem. Es­te pro­ble­ma se­rá re­sol­vi­do de dois a três anos. Es­ta é a re­a­li­da­de. Te­mos um im­pac­to mui­to cla­ro”, ex­pli­cou So­a­res.

Fon­te: Agên­cia Bra­sil

,