A par­tir de ho­je (27), é pos­sí­vel pe­dir mais dois me­ses de pau­sa no pa­ga­men­to de pres­ta­ções do cré­di­to imo­bi­liá­rio con­tra­ta­do com a Cai­xa Econô­mi­ca Fe­de­ral. A me­di­da va­le pa­ra fi­nan­ci­a­men­tos de imó­veis do Pro­gra­ma Mi­nha Ca­sa Mi­nha Vi­da (Fai­xas 1,5, 2 e 3) e do Sis­te­ma Bra­si­lei­ro de Pou­pan­ça e Em­prés­ti­mos.

Mar­ce­lo Camargo/​Agência Bra­sil

Se­gun­do a Cai­xa, os cli­en­tes pes­so­as fí­si­ca e ju­rí­di­ca que já ti­ve­ram a pau­sa tem­po­rá­ria de 120 di­as con­cluí­da po­de­rão pror­ro­gar o pra­zo por mais 60 di­as. Quem ain­da não op­tou por es­sa al­ter­na­ti­va tam­bém po­de­rá so­li­ci­tar a pau­sa de 180 di­as.

Pa­ra as em­pre­sas, a op­ção de pau­sa é vá­li­da pa­ra os fi­nan­ci­a­men­tos à pro­du­ção de em­pre­en­di­men­tos e pa­ra os fi­nan­ci­a­men­tos de aqui­si­ção e cons­tru­ção de imó­veis co­mer­ci­ais (mo­da­li­da­de in­di­vi­du­al). As op­ções de pa­ga­men­to par­ci­al dos en­car­gos ou ca­rên­cia tam­bém se­rão es­ten­di­das pa­ra até 180 di­as, po­rém não po­de­rão ser uti­li­za­das em con­jun­to com a pau­sa.

A Cai­xa lem­bra que du­ran­te o pe­río­do de pau­sa, o con­tra­to não es­tá isen­to da in­ci­dên­cia de ju­ros re­mu­ne­ra­tó­ri­os, se­gu­ros e ta­xas. Os va­lo­res dos en­car­gos pau­sa­dos são acres­ci­dos ao sal­do de­ve­dor do con­tra­to e di­luí­dos no pra­zo re­ma­nes­cen­te. A ta­xa de ju­ros e o pra­zo con­tra­ta­dos ini­ci­al­men­te não so­frem al­te­ra­ção.

Quem pode solicitar

Cli­en­tes pes­soa fí­si­ca com con­tra­tos em dia ou com até 180 di­as em atra­so (cli­en­tes que uti­li­za­ram o Fun­do de Ga­ran­tia do Tem­po de Ser­vi­ço - FGTS pa­ra re­du­zir uma par­te da pres­ta­ção tam­bém po­dem op­tar pe­la pau­sa); cli­en­tes pes­soa ju­rí­di­ca com con­tra­tos em dia ou com atra­so de até 60 di­as (du­as pres­ta­ções).

Como solicitar:

Os cli­en­tes pes­soa fí­si­ca po­dem so­li­ci­tar a pau­sa de 180 di­as ou a pror­ro­ga­ção do pe­río­do de pau­sa por mais 60 di­as pa­ra os con­tra­tos já aten­di­dos pe­lo apli­ca­ti­vo Ha­bi­ta­ção Cai­xa, pe­los te­le­fo­nes 3004-​1105 e 0800 726 0505, ou de for­ma au­to­ma­ti­za­da pe­lo 0800 726 8068, op­ção 2 – 4 – 2.

Os cli­en­tes pes­soa ju­rí­di­ca po­dem so­li­ci­tar a pau­sa pa­ra con­tra­tos de aqui­si­ção e cons­tru­ção de imó­veis co­mer­ci­ais pe­lo nú­me­ro 0800 726 8068, op­ção 2 – 4, ou com o au­xí­lio do ge­ren­te de re­la­ci­o­na­men­to. Pa­ra con­tra­tos de fi­nan­ci­a­men­to à pro­du­ção de em­pre­en­di­men­tos, a so­li­ci­ta­ção po­de ser re­a­li­za­da so­men­te por meio do ge­ren­te de re­la­ci­o­na­men­to, que de­ve ser aci­o­na­do pre­fe­ren­ci­al­men­te por meio ele­trô­ni­co.

Canais de atendimento:

App Ha­bi­ta­ção Cai­xa: dis­po­ní­vel pa­ra os sis­te­mas ope­ra­ci­o­nais An­droid e IOS, po­de ser bai­xa­do gra­tui­ta­men­te nas lo­jas Go­o­gle­Play ou AppS­to­re.

3004-​1105 e 0800 726 0505, op­ção 7: dis­po­ní­vel de se­gun­da a sexta-​feira, das 8h às 20h.

0800 726 8068, op­ções 2 – 4: dis­po­ní­vel de se­gun­da a sexta-​feira, em qual­quer ho­rá­rio, e aos sá­ba­dos, das 10h às 16h.

Fon­te: Agên­cia Bra­sil

,