O go­ver­no de São Pau­lo vai pu­bli­car ain­da nes­ta se­ma­na, em Diá­rio Ofi­ci­al, o de­cre­to com o cro­no­gra­ma de vol­ta às au­las pre­sen­ci­ais em to­do o es­ta­do. Se­gun­do o go­ver­no, o de­cre­to não tra­rá mu­dan­ças ao que já foi anun­ci­a­do an­te­ri­or­men­te, ou se­ja, as au­las pre­sen­ci­ais po­de­rão ser re­to­ma­das a par­tir do dia 7 de outubro.

iS­tock


Governo Paulista indica que municípios podem determinar regras locais mais rígidas para aulas presenciais

No en­tan­to, es­sa da­ta só se­rá man­ti­da se to­do o es­ta­do pau­lis­ta es­ti­ver na Fa­se 3 – Ama­re­la do Pla­no São Pau­lo: 80% das re­giões pre­ci­sa­rão es­tar há 28 di­as nes­sa fa­se e, o res­tan­te, há pe­lo me­nos 14 se­ma­nas nes­sa etapa.

Com a pu­bli­ca­ção do de­cre­to, ca­da um dos 645 mu­ni­cí­pi­os do es­ta­do te­rá au­to­no­mia pa­ra de­ci­dir se vai ou não acom­pa­nhar o cro­no­gra­ma pre­vis­to pe­lo go­ver­no es­ta­du­al. Se um pre­fei­to, por exem­plo, de­ci­dir não ado­tar o cro­no­gra­ma es­ta­du­al, a me­di­da po­de­rá va­ler pa­ra to­das as es­co­las da­que­la ci­da­de, se­jam elas mu­ni­ci­pais, es­ta­du­ais ou pri­va­das. No en­tan­to, ne­nhum mu­ni­cí­pio do es­ta­do po­de­rá re­a­brir es­co­las an­tes do pra­zo pre­vis­to pe­lo go­ver­no paulista.

“(O de­cre­to tra­rá) a pos­si­bi­li­da­de do re­for­ço a par­tir do dia 8 de se­tem­bro, a pos­si­bi­li­da­de de vol­ta às au­las em 7 de ou­tu­bro, des­de que cum­pri­das as con­di­ci­o­na­li­da­des. Lo­gi­ca­men­te, res­pei­ta­das as ques­tões da saú­de”, de­cla­rou Ros­si­e­li So­a­res, se­cre­tá­rio es­ta­du­al de Educação.

“Os mu­ni­cí­pi­os têm, sim, a pos­si­bi­li­da­de de fa­zer ve­tos por ques­tões de saú­de, do pon­to de vis­ta da Vi­gi­lân­cia Sa­ni­tá­ria. Mas to­da a mol­du­ra, o pro­ces­so de­se­nha­do pe­lo es­ta­do es­tá man­ti­do”, acres­cen­tou Rossieli.

“As­sim co­mo fun­ci­o­na no Pla­no São Pau­lo, es­sa re­la­ção (com os mu­ni­cí­pi­os) dá per­mis­são a par­tir des­sas da­tas. Os mu­ni­cí­pi­os não po­dem au­to­ri­zar na­da an­tes, so­men­te a par­tir des­tas da­tas; eles não po­dem ser me­nos res­tri­ti­vos que o es­ta­do”, dis­se Rossieli.

O de­cre­to tam­bém tra­rá a pre­vi­são de que as uni­da­des es­co­la­res re­a­bram, de for­ma op­ci­o­nal, pa­ra ati­vi­da­des de re­for­ço ou de aco­lhi­men­to de alu­nos, a par­tir do dia 8 de se­tem­bro. No en­tan­to, pa­ra que is­so ocor­ra, es­sas es­co­las de­ve­rão es­tar lo­ca­li­za­das em re­giões que es­ti­ve­rem na Fa­se 3 - Ama­re­la do Pla­no São Pau­lo há 28 dias.

Na ca­pi­tal pau­lis­ta, que es­tá há mais de 28 di­as na Fa­se Ama­re­la, já cum­prin­do os re­qui­si­tos pa­ra a vol­ta às au­las de re­for­ço a par­tir do dia 8 de se­tem­bro, o pre­fei­to Bru­no Co­vas in­for­mou on­tem (18) que não vai ado­tar o ca­len­dá­rio do go­ver­no es­ta­du­al e que ain­da vai ava­li­ar se se­rá pos­sí­vel o re­tor­no às au­las pre­sen­ci­ais em outubro. 

Protocolos

Os pro­to­co­los pa­ra re­to­ma­da pre­ve­em que as es­co­las re­ce­bam, no iní­cio do re­tor­no às au­las, ape­nas 35% dos alu­nos em ati­vi­da­des pre­sen­ci­ais, e man­ten­do dis­tan­ci­a­men­to mí­ni­mo de 1,5 m.

O re­tor­no às au­las foi pla­ne­ja­do com ba­se no Pla­no São Pau­lo de re­to­ma­da econô­mi­ca do es­ta­do. O Pla­no São Pau­lo é di­vi­di­do em cin­co fa­ses que vão do ní­vel má­xi­mo de res­tri­ção de ati­vi­da­des não es­sen­ci­ais (ver­me­lho) a eta­pas iden­ti­fi­ca­das co­mo con­tro­le (la­ran­ja), fle­xi­bi­li­za­ção (ama­re­lo), aber­tu­ra par­ci­al (ver­de) e nor­mal con­tro­la­do (azul).

As au­las pre­sen­ci­ais na re­de es­ta­du­al de São Pau­lo es­tão sus­pen­sas des­de o dia 23 de mar­ço co­mo me­di­da de con­tro­le à pro­pa­ga­ção do no­vo coronavírus.

Atu­al­men­te, as au­las das es­co­las es­ta­du­ais acon­te­cem de for­ma re­mo­ta e on­li­ne, sen­do trans­mi­ti­das por meio do apli­ca­ti­vo Cen­tro de Mí­di­as SP (CMSP), pla­ta­for­ma cri­a­da pe­la se­cre­ta­ria de Edu­ca­ção du­ran­te a pan­de­mia do no­vo co­ro­na­ví­rus. Ela tam­bém é trans­mi­ti­da por meio dos ca­nais di­gi­tais na TV 2.2 - TV Uni­vesp e 2.3 - TV Educação.

Fon­te: Agên­cia Bra­silUOL