O Hos­pi­tal das Clí­ni­cas de São Pau­lo es­tá in­ves­ti­gan­do se­te ca­sos de pa­ci­en­tes sus­pei­tos de te­rem se rein­fec­ta­do pe­lo no­vo co­ro­na­ví­rus. Se­gun­do a ins­ti­tui­ção, vin­cu­la­da à Fa­cul­da­de de Me­di­ci­na da Uni­ver­si­da­de de São Pau­lo (USP), um am­bu­la­tó­rio foi se­pa­ra­do ex­clu­si­va­men­te pa­ra acom­pa­nhar es­ses pos­sí­veis ca­sos.

Go­ver­no do Es­ta­do de São Pau­lo

De acor­do com o hos­pi­tal, os sin­to­mas e tes­tes po­si­ti­vos em dois pe­río­dos dis­tin­tos, apre­sen­ta­dos pe­los pa­ci­en­tes, po­dem ser ex­pli­ca­dos por uma se­gun­da in­fec­ção, mas cau­sa­da por um ví­rus di­fe­ren­te, co­mo o da gri­pe. No en­tan­to, frag­men­tos ina­ti­vos do no­vo co­ro­na­ví­rus, re­ma­nes­cen­tes da pri­mei­ra in­fec­ção, po­dem ter fei­to o tes­te dar po­si­ti­vo. Tam­bém po­dem ser ex­pli­ca­dos pe­la lon­ga per­ma­nên­cia do no­vo co­ro­na­ví­rus no cor­po, com pe­río­do de ina­ti­vi­da­de e pos­te­ri­or re­a­ti­va­ção, ou mes­mo por uma pos­sí­vel rein­fec­ção de covid-​19.

“Pa­ra ve­ri­fi­car es­sas e ou­tras hi­pó­te­ses, os pa­ci­en­tes es­tão sen­do acom­pa­nha­dos, com a re­a­li­za­ção even­tu­al de exa­mes adi­ci­o­nais a fim de me­lhor en­ten­der es­ses ca­sos”, des­ta­cou o hos­pi­tal, em no­ta.

No úl­ti­ma terça-​feira (25), dois pa­ci­en­tes, um na Ho­lan­da e ou­tro na Bél­gi­ca, fo­ram con­fir­ma­dos co­mo ca­sos de rein­fec­ção pe­lo no­vo co­ro­na­ví­rus. Um dia an­tes, ci­en­tis­tas de Hong Kong pu­bli­ca­ram re­la­tó­rio a res­pei­to de uma pes­soa que foi rein­fec­ta­da com uma li­nha­gem di­fe­ren­te do ví­rus, qua­tro me­ses e meio de­pois de ser de­cla­ra­da re­cu­pe­ra­da da do­en­ça – a pri­mei­ra rein­fec­ção do ti­po re­gis­tra­da.

Fon­te: Agên­cia Bra­sil

,