O pre­si­den­te do Tri­bu­nal Su­pe­ri­or Elei­to­ral (TSE), mi­nis­tro Luís Ro­ber­to Bar­ro­so, apre­sen­tou nes­ta terça-​feira (8) o pla­no de se­gu­ran­ça sa­ni­tá­ria pa­ra as elei­ções mu­ni­ci­pais de 2020, ela­bo­ra­do por uma con­sul­to­ria for­ma­da por es­pe­ci­a­lis­tas da Fi­o­cruz e dos hos­pi­tais Sí­rio Li­ba­nês e Al­bert Eins­tein.

Re­pro­du­ção TSE

O pla­no in­clui o pro­to­co­lo a ser ado­ta­do pe­las se­ções elei­to­rais e as re­co­men­da­ções pa­ra ga­ran­tir a se­gu­ran­ça de elei­to­res, me­sá­ri­os e de­mais co­la­bo­ra­do­res da Jus­ti­ça Elei­to­ral, por con­ta da pan­de­mia de covid-​19. Bar­ro­so dis­se que ca­da pas­so da­do pe­lo TSE foi fei­to “em con­sul­ta com os prin­ci­pais es­pe­ci­a­lis­tas da área, co­mu­ni­da­de ci­en­tí­fi­ca e seus re­pre­sen­tan­tes.”

Plano de segurança

O TSE e a con­sul­to­ria elen­ca­ram qua­tro pre­mis­sas pa­ra se­gu­ran­ça no mo­men­to da vo­ta­ção. Dis­tan­ci­a­men­to fí­si­co, pro­te­ção so­bre bo­ca e na­riz, hi­gi­e­ni­za­ção de mãos e su­per­fí­ci­es e iso­la­men­to de pes­so­as in­fec­ta­das.

O ho­rá­rio se­rá es­ten­di­do, a vo­ta­ção ocor­re­rá das 7h às 17h e pes­so­as mai­o­res de 60 anos te­rão pri­o­ri­da­de en­tre 7h e 10h da ma­nhã. O TSE su­ge­re que os elei­to­res le­vem su­as pró­pri­as ca­ne­tas pa­ra as­si­nar o ca­der­no de re­gis­tro da se­ção elei­to­ral. Não ha­ve­rá hi­gi­e­ni­za­ção das ur­nas e não se­rá per­mi­ti­do vo­tar sem más­ca­ra.

Já os me­sá­ri­os te­rão de usar más­ca­ra, pro­te­ção fa­ci­al (fa­ce shi­elds), ál­co­ol gel e man­ter o dis­tan­ci­a­men­to mí­ni­mo en­tre os de­mais mem­bros da me­sa. Elei­to­res e me­sá­ri­os com sin­to­mas ou di­ag­nos­ti­ca­dos com covid-​19 até 14 di­as an­tes do plei­to não de­vem com­pa­re­cer nas se­ções elei­to­rais.

De acor­do com o TSE não ha­ve­rá me­di­ção de tem­pe­ra­tu­ra nos lo­cais pa­ra evi­tar aglo­me­ra­ções. O tri­bu­nal tam­bém não re­co­men­da o uso de lu­vas, mas de lim­pe­za cons­tan­te das mãos.

O flu­xo den­tro dos lo­cais de vo­ta­ção tam­bém mu­da. Não ha­ve­rá bi­o­me­tria e o elei­tor ape­nas exi­bi­rá seu tí­tu­lo e do­cu­men­to em di­re­ção ao me­sá­rio, que se ti­ver al­gu­ma dú­vi­da, po­de­rá so­li­ci­tar que o elei­tor ti­re a más­ca­ra pa­ra con­fe­rên­cia. Ca­so ain­da ha­ja dú­vi­das so­bre a au­ten­ti­ci­da­de do elei­tor, o me­sá­rio po­de­rá questioná-​lo so­bre da­dos pes­so­ais, co­mo da­ta de nas­ci­men­to.

Bar­ro­so dis­se ain­da que o tri­bu­nal vai pro­mo­ver cam­pa­nhas de cons­ci­en­ti­za­ção nos lo­cais de vo­ta­ção e tam­bém pe­los mei­os di­gi­tais pa­ra que as pes­so­as res­pei­tem o dis­tan­ci­a­men­to e en­ten­dam o no­vo flu­xo den­tro das se­ções e zo­nas elei­to­rais. Es­tão pre­vis­tos car­ta­zes fí­si­cos e ban­ners di­gi­tais com o pas­so a pas­so de co­mo agir.

Re­pro­du­ção TSE

Quem pre­ci­sar jus­ti­fi­car o vo­to, o TSE re­co­men­da o down­lo­ad do apli­ca­ti­vo e-​título. Fun­ci­o­nan­do por ge­or­re­fe­ren­ci­a­men­to, o elei­tor po­de­rá jus­ti­fi­car sua au­sên­cia pe­lo ce­lu­lar. Tam­bém se­rá pos­sí­vel jus­ti­fi­car apre­sen­tan­do do­cu­men­tos fí­si­cos até 60 di­as após o plei­to.
De acor­do com o TSE, es­te ano são 95.093 lo­cais de vo­ta­ção e 401.950 se­ções elei­to­rais. O nú­me­ro de es­ti­ma­do de me­sá­ri­os pa­ra o 1º tur­no é de 2.072.976. Es­tão ap­tos a vo­tar 147.897.396 elei­to­res, o que equi­va­le a uma mé­dia de 435 pes­so­as por se­ção.

Doações

De acor­do com Bar­ro­so, 30 em­pre­sas es­tão con­tri­buin­do com as elei­ções 2020. Co­mo con­tra­par­ti­da, o Con­faz apro­vou isen­ção de ICMS pa­ra que não in­ci­dam im­pos­tos so­bre es­sas do­a­ções.

A ini­ci­a­ti­va pri­va­da vai co­la­bo­rar com 9.726.113 más­ca­ras, 2.100.00 fras­cos de ál­co­ol gel pa­ra me­sá­ri­os, 533.170 mar­ca­do­res de chão, apro­xi­ma­da­men­te 2 mi­lhões de fa­ce shi­elds e 1 mi­lhão de li­tros de ál­co­ol em gel pa­ra elei­to­res. As em­pre­sas tam­bém se­rão res­pon­sá­veis pe­la lo­gís­ti­ca ou pes­so­al pa­ra en­tre­ga dos ma­te­ri­ais nos lo­cais de vo­ta­ção. São es­ti­ma­das ao me­nos 100 car­re­tas pa­ra dis­tri­bui­ção.

“É o pa­co­te com­ple­to”, diz Bar­ro­so. “On­de hou­ver se­gun­do tur­no o me­sá­rio de­ve­rá le­var su­as más­ca­ras e fa­ce shi­elds. Nós te­mos ma­te­ri­ais pa­ra o pri­mei­ro e o se­gun­do tur­no.”

A con­sul­to­ria foi ins­ti­tuí­da em ju­lho de 2020. Na oca­sião, o mi­nis­tro Luís Ro­ber­to Bar­ro­so agra­de­ceu a aju­da “pa­trió­ti­ca”, pres­ta­da “gra­ci­o­sa­men­te”, sem cus­tos aos co­fres pú­bli­cos.

“Per­ce­bo uma so­ci­e­da­de mo­bi­li­za­da, cons­ci­en­te e par­ti­ci­pan­te. As elei­ções mu­ni­ci­pais são as mais pró­xi­mas do ci­da­dão e é ali que tem ca­pa­ci­da­de de fa­zer mai­or di­fe­ren­ça”, afir­mou o mi­nis­tro nes­ta terça-​feira (8).

Fon­te: Con­gres­so em Fo­co

,