Na quin­ta reu­nião re­a­li­za­da on­tem (12/​09) en­tre os sin­di­ca­tos SINTERC N/​O SP, SINTERCOJ, SINDINUTRI-​SP, com apoio da CONTERC (Con­fe­de­ra­ção) e o Sin­di­ca­to das Em­pre­sas (SINDIMERENDA), fo­ram con­cluí­das as ne­go­ci­a­ções da Cam­pa­nha Sa­la­ri­al do seg­men­to de Re­fei­ção Escolar/​Merenda Es­co­lar.

A reu­nião acon­te­ceu na se­de do SINDIMERENDA, em São Pau­lo, on­de fo­ram de­ba­ti­dos pon­tos po­lê­mi­cos em aber­to e, após vá­ri­as dis­cus­sões, che­ga­ram ao con­sen­so com o se­guin­te re­sul­ta­do:
Leia mais

A Co­mis­são de Meio Am­bi­en­te e De­sen­vol­vi­men­to Sus­ten­tá­vel (CMADS) da Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos, es­tá com os tra­ba­lhos pa­ra­li­sa­dos há três ses­sões por con­ta de obs­tru­ções do nú­cleo du­ro do go­ver­no den­tro da Ca­sa. “A gen­te tá dei­xan­do de vo­tar pro­pos­tas im­por­tan­tes”, dis­se o pre­si­den­te da co­mis­são, Ro­dri­go Agos­ti­nho (PSB-​SP), pa­ra o Con­gres­so em Fo­co.

Erick Mota/​Congresso em Fo­co


Presidente da Comissão do Meio Ambiente se mostra preocupado com obstruções da base do governo

“Ho­je a gen­te tem qua­se 30 pro­je­tos pron­tos pa­ra se­rem vo­ta­dos e que es­tão sen­do obs­truí­dos den­tro da co­mis­são. Tem ou­tros 90 a es­pe­ra de re­la­to­ria”, re­la­ta Agos­ti­nho.

Al­guns mem­bros da Co­mis­são de Meio Am­bi­en­te apre­sen­ta­ram re­que­ri­men­tos pa­ra con­vo­car mi­nis­tros do go­ver­no Bol­so­na­ro. A in­ten­ção é que eles de­em ex­pli­ca­ções so­bre as tra­gé­di­as am­bi­en­tais que es­tão acon­te­cen­do no país. As obs­tru­ções go­ver­nis­ta ten­tam im­pe­dir es­tas con­vo­ca­ções.
Leia mais

A opo­si­ção con­se­guiu as 171 as­si­na­tu­ras que são ne­ces­sá­ri­as pa­ra apre­sen­tar um pe­di­do de Co­mis­são Par­la­men­tar de Inqué­ri­to (CPI) na Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos e pro­to­co­lou nes­ta quinta-​feira (12) o pe­di­do de cri­a­ção da CPI da Va­za Ja­to. A ideia é in­ves­ti­gar “su­pos­ta ar­ti­cu­la­ção en­tre os Mem­bros da Pro­cu­ra­do­ria da Re­pú­bli­ca no Pa­ra­ná e o en­tão Juiz Ser­gio Mo­ro, tor­na­da pú­bli­ca pe­lo si­te The In­ter­cept”.

Agên­cia Câ­ma­ra


Líder da Minoria, Jandira Feghali apresentou o pedido de CPI da Vaza Jato em nome da oposição

Ca­pi­ta­ne­a­do pe­la lí­der da Mi­no­ria, Jan­di­ra Fegha­li (PCdoB-​RJ), a ideia tem o apoio de de­pu­ta­dos co­mo Ales­san­dro Mo­lon (PSB-​RJ), An­dré Fi­guei­re­do (PDT/​CE), Or­lan­do Sil­va (PcdoB-​SP), Da­ni­el Al­mei­da (PcdoB-​BA), Pau­lo Pi­men­ta (PT-​RS), Ivan Va­len­te (Psol-​SP) e Ta­deu Alen­car (PSB-​PE).
Leia mais

O de­pu­ta­do Da­vid Mi­ran­da (Psol-​RJ) é al­vo de um re­la­tó­rio do Co­af (atu­al UIF, vin­cu­la­do ao Ban­co Cen­tral) en­vi­a­do ao Mi­nis­té­rio Pú­bli­co do Rio de Ja­nei­ro. O do­cu­men­to in­di­ca mo­vi­men­ta­ção de R$ 2,5 mi­lhões na con­ta ban­cá­ria do de­pu­ta­do, en­tre o pe­río­do de 2 de abril de 2018 e 28 de mar­ço de 2019. A si­tu­a­ção foi con­si­de­ra­da atí­pi­ca pe­lo Con­se­lho de Con­tro­le de Ati­vi­da­des Fi­nan­cei­ras (Co­af). O ca­so foi re­ve­la­do pe­lo jor­nal O Glo­bo.

Mi­chel Jesus/​Câmara dos De­pu­ta­dos


David Miranda tem movimentação financeira suspeita

Da­vid é ca­sa­do com o jor­na­lis­ta Glenn Gre­enwald, fun­da­dor do si­te The In­ter­cept Bra­sil, res­pon­sá­vel pe­la di­vul­ga­ção das con­ver­sas en­tre os pro­cu­ra­do­res da La­va Ja­to e o en­tão juiz Sér­gio Mo­ro. O Co­af en­ca­mi­nhou o re­la­tó­rio pa­ra o Mi­nis­té­rio Pú­bli­co (MP) dois di­as após o iní­cio das di­vul­ga­ções das con­ver­sas en­vol­ven­do as au­to­ri­da­des.

Pa­ra Da­vid Mi­ran­da, a da­ta do en­vio do re­la­tó­rio é in­dí­cio de re­ta­li­a­ção. “Dois di­as após que o Glenn e o In­ter­cept co­me­ça a fa­zer is­so [di­vul­gar os diá­lo­gos] o Co­af faz es­se re­la­tó­rio, co­me­ça es­sa in­ves­ti­ga­ção”, de­cla­rou o par­la­men­tar em en­tre­vis­ta ao Con­gres­so em Fo­co.
Leia mais

A Re­de es­tu­da a pos­si­bi­li­da­de de in­ter­pe­lar ju­di­ci­al­men­te o pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro pa­ra sa­ber o que o che­fe do Exe­cu­ti­vo acha da de­cla­ra­ção do seu fi­lho, Car­los Bol­so­na­ro (PSL-​RJ), que, na vi­são de mui­tos po­lí­ti­cos e ad­vo­ga­dos, re­pre­sen­ta um aten­ta­do à de­mo­cra­cia.

Agên­cia Se­na­do


Líder da oposição quer interpelar Carlos e Jair Bolsonaro sobre fala de vereador sobre "vias democráticas"

O par­ti­do ain­da de­ve apre­sen­tar uma ação con­tra o ve­re­a­dor, que nes­sa segunda-​feira (9) dis­se em uma re­de so­ci­al que “por vi­as de­mo­crá­ti­cas a trans­for­ma­ção que o Bra­sil quer não acon­te­ce­rá na ve­lo­ci­da­de que al­me­ja­mos… e se is­so acon­te­cer”.
Leia mais

CPMI das Fake News irá convocar WhatsApp, Telegram e Google

quarta-feira, 11 de setembro de 2019 10:27 Notícias

A Co­mis­são Par­la­men­tar Mis­ta de Inqué­ri­to (CPMI) das Fa­kes News, de­ci­diu ho­je (10), por con­vo­car as em­pre­sas What­sApp, Te­le­gram, Go­o­gle, Ins­ta­gram, You­tu­be e Twit­ter, que são con­si­de­ra­das pe­los de­pu­ta­dos co­mo mei­os de dis­tri­bui­ção de no­tí­ci­as en­tre a po­pu­la­ção.

Ge­ral­do Magela/​Agência Se­na­do


CPMI das Fake News convoca redes sociais

Além das des­tas em­pre­sas, tam­bém foi con­vo­ca­do o si­te The In­ter­cept Bra­sil, res­pon­sá­vel pe­las di­vul­ga­ções do con­teú­do da Va­za Ja­to [tro­ca de men­sa­gens en­tre o ex-​juiz Ser­gio Mo­ro e pro­cu­ra­do­res do MPF, res­pon­sá­veis pe­la ope­ra­ção La­va Ja­to]. Par­la­men­ta­res do PSL, den­tre eles o se­na­dor Flá­vio Bol­so­na­ro, ten­ta­ram obs­truir a vo­ta­ção das con­vo­ca­ções, mas fo­ram ven­ci­dos pe­la mai­o­ria.
Leia mais

Mais da me­ta­de da po­pu­la­ção bra­si­lei­ra ava­lia co­mo ruim ou pés­si­mo o de­sem­pe­nho do pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro no com­ba­te ao des­ma­ta­men­to na Amazô­nia. Se­gun­do pes­qui­sa Da­ta­fo­lha di­vul­ga­da nes­te do­min­go (1º) pe­lo jor­nal Fo­lha de São Pau­lo, 51% dos bra­si­lei­ros não con­cor­dam com a po­lí­ti­ca pre­si­den­ci­al pa­ra a re­gião e 66% acham que o Bra­sil de­ve­ria acei­tar o au­xí­lio de US$ 20 mi­lhões que o G7 ofe­re­ceu pa­ra o com­ba­te às quei­ma­das.

Lu­ca Par­mi­ta­no


Fumaça das queimadas na Amazônia

A pes­qui­sa ou­viu 2.878 pes­so­as com mais de 16 anos em 175 ci­da­des bra­si­lei­ras na úl­ti­ma quin­ta e sexta-​feira (29 e 30) - uma se­ma­na de­pois de a cri­se am­bi­en­tal so­bre a Amazô­nia ga­nhar pro­por­ções in­ter­na­ci­o­nais. Na oca­sião, ape­nas 25% dos en­tre­vis­ta­dos ava­li­ou co­mo óti­mo ou bom o de­sem­pe­nho pre­si­den­ci­al em re­la­ção ao as­sun­to e so­men­te 30% con­cor­da­ram com a su­ges­tão ini­ci­al de Bol­so­na­ro de re­jei­tar a aju­da ofe­re­ci­da pe­la cú­pu­la do G7.
Leia mais

A con­ces­são de be­ne­fí­ci­os co­mo pen­sões, se­gu­ran­ças, car­ros ofi­ci­ais e pla­nos de saú­de pa­ra po­lí­ti­cos que exer­ce­ram car­gos ele­ti­vos po­de es­tar com os di­as con­ta­dos. É que a Co­mis­são de Di­rei­tos Hu­ma­nos e Le­gis­la­ção Par­ti­ci­pa­ti­va (CDH) do Se­na­do aco­lheu o pro­je­to de ini­ci­a­ti­va po­pu­lar que pe­de o fim das re­ga­li­as da­das a ex-​presidentes e ex-​governadores. Com is­so, o pe­di­do po­de vi­rar uma Pro­pos­ta de Emen­da à Cons­ti­tui­ção (PEC).

Ge­ral­do Magela/​Agência Se­na­do


Eduardo Girão (centro) é o relator da proposta de iniciativa popular e busca apoio dos colegas para transformar projeto em emenda constitucional

A ideia de aca­bar com os be­ne­fí­ci­os da­dos aos po­lí­ti­cos que já não exer­cem mais car­gos ele­ti­vos foi apre­sen­ta­da por um per­nam­bu­ca­no no por­tal e-​Cidadania e re­ce­beu o apoio de mais de 20 mil pes­so­as - o ne­ces­sá­rio pa­ra ser tra­ta­do co­mo uma su­ges­tão le­gis­la­ti­va. Por is­so, foi le­va­da à CDH em ju­lho do ano pas­sa­do. Só nes­te ano, po­rém, co­me­çou a tra­mi­tar sob a re­la­to­ria do se­na­dor Edu­ar­do Gi­rão (Podemos-​CE), que até am­pli­ou os efei­tos do pro­je­to, es­ten­den­do o fim dos be­ne­fí­ci­os aos ex-​parlamentares.
Leia mais

Da­dos da pes­qui­sa Da­ta­fo­lha di­vul­ga­dos nes­ta segunda-​feira (02) apon­tam que a por­cen­ta­gem da po­pu­la­ção que re­pro­va o pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca, Jair Bol­so­na­ro, su­biu de 33% no iní­cio de ju­lho pa­ra 38% no fi­nal de agos­to. O ins­ti­tu­to ou­viu 2.878 pes­so­as com mais de 16 anos, em 175 mu­ni­cí­pi­os, na úl­ti­ma quin­ta e sexta-​feira (29 e 30), uma se­ma­na de­pois da cri­se am­bi­en­tal so­bre a Amazô­nia ga­nhar pro­por­ções in­ter­na­ci­o­nais.

An­to­nio Cruz/​Agência Bra­sil


O presidente Jair Bolsonaro, cumprimenta populares no Palácio da Alvorada

De acor­do com a pes­qui­sa, quan­do con­si­de­ra­da a par­tir das fai­xas de ren­da, a re­pro­va­ção do go­ver­no é de 46% en­tre aque­les que ga­nham mais de dez sa­lá­ri­os mí­ni­mos. Nes­te seg­men­to, a apro­va­ção ao pre­si­den­te caiu de 52% em ju­lho pa­ra 37% na pes­qui­sa di­vul­ga­da ho­je. A fai­xa de ren­da que re­gis­tra a mai­or apro­va­ção ao go­ver­no Bol­so­na­ro, 39%, é a das pes­so­as que ga­nham en­tre cin­co e dez sa­lá­ri­os mí­ni­mos. En­tre quem ga­nha até dois sa­lá­ri­os mí­ni­mos, a apro­va­ção é de 22%.
Leia mais

Um cha­ma­men­to pú­bli­co do Mi­nis­té­rio da Eco­no­mia, di­vul­ga­do no úl­ti­mo dia 22, es­tá ge­ran­do gran­des ques­ti­o­na­men­tos en­tre em­pre­sas que ope­ram com pro­gra­mas de des­con­tos pa­ra o fun­ci­o­na­lis­mo. O mi­nis­té­rio co­man­da­do por Pau­lo Gue­des de­ci­diu cri­ar um clu­be de des­con­tos pa­ra aten­der to­dos os 1.270.563 ser­vi­do­res fe­de­rais ati­vos e ina­ti­vos, num mo­men­to em que min­gua­ram os re­a­jus­tes sa­la­ri­ais pa­ra tais tra­ba­lha­do­res.

Fa­bio Ro­dri­gues Pozzebom/​Agência Bra­sil


Paulo Guedes decidiu criar um clube de descontos para atender todos os 1.270.563 servidores federais ativos e inativos

Clu­bes de des­con­tos são cri­a­dos com o ob­je­ti­vo de pro­pi­ci­ar às pes­so­as ca­das­tra­das pre­ços me­no­res pa­ra ad­qui­rir uma ga­ma pra­ti­ca­men­te in­fi­ni­ta de pro­du­tos e ser­vi­ços, tais co­mo vi­a­gens aé­re­as, hos­pe­da­gem, me­di­ca­men­tos, au­to­mó­veis, ser­vi­ços mé­di­cos e mui­tos ou­tros. O usuá­rio pa­ga uma men­sa­li­da­de à ins­ti­tui­ção con­tra­ta­da, que ne­go­cia par­ce­ri­as pa­ra ofe­re­cer des­con­tos e ou­tras van­ta­gens aos cli­en­tes.
Leia mais