Arquivos de Notícias

A Pro­pos­ta de Emen­da à Cons­ti­tui­ção (PEC) do cha­ma­do “or­ça­men­to de guer­ra” foi apre­sen­ta­da na noi­te des­ta quarta-​feira (1º) em ses­são da Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos e já co­me­çou a tra­mi­tar na Ca­sa, dis­pen­san­do al­guns pra­zos e pro­ce­di­men­tos re­gi­men­tais. A pro­pos­ta per­mi­te a se­pa­ra­ção do or­ça­men­to des­ti­na­do ao com­ba­te à pan­de­mia de covid-​19 do or­ça­men­to ge­ral da União.

Pa­blo Valadares/​Agência Câ­ma­ra


Presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ)

Em vo­ta­ção re­mo­ta, os de­pu­ta­dos apro­va­ram a ad­mis­si­bi­li­da­de da pro­pos­ta de or­ça­men­to pa­ra­le­lo, per­mi­tin­do que se pros­se­guis­se pa­ra o exa­me de mé­ri­to. Por acor­do en­tre os lí­de­res, o pre­si­den­te da Ca­sa, Ro­dri­go Maia (DEM-​RJ), anun­ci­ou que a vo­ta­ção do mé­ri­to ocor­re­rá na sexta-​feira (3) pe­la ma­nhã.
Leia mais

O pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro pro­me­teu pu­bli­car no Diá­rio Ofi­ci­al da União (DOU) a san­ção da me­di­da pro­vi­só­ria do be­ne­fí­cio emer­gen­ci­al de até R$ 1.200,00 pa­ra fa­mí­li­as ca­ren­tes du­ran­te a cri­se na quinta-​feira (01). O pre­si­den­te ve­ta­rá ao me­nos três pon­tos da me­di­da, se­gun­do pu­bli­cou o G1.

Mar­cos Corrêa/​PR


Presidente da República Jair Bolsonaro e ministro da Economia, Paulo Guedes

A am­pli­a­ção do Be­ne­fí­cio de Pres­ta­ção Con­ti­nu­a­da (BPC) le­va­ria um im­pac­to de R$ 20 bi­lhões ao ano nas con­tas pú­bli­cas. Se­gun­do o go­ver­no, a me­di­da fe­re a Cons­ti­tui­ção e a Lei de Res­pon­sa­bi­li­da­de Fis­cal (LRF).

Ou­tro pon­to de ve­to, se­rá a re­a­va­li­a­ção dos cri­té­ri­os, que can­ce­la­ria o au­xí­lio emer­gen­ci­al do be­ne­fi­ciá­rio. Pa­ra is­so, se­gun­do o Mi­nis­té­rio da Ci­da­da­nia, se­ria ne­ces­sá­rio che­car a si­tu­a­ção de ca­da be­ne­fi­ciá­rio mês a mês, o que se­ria in­viá­vel.
Leia mais

O Se­na­do Fe­de­ral au­to­ri­zou que o Po­der Exe­cu­ti­vo pa­gue até três sa­lá­ri­os de tra­ba­lha­do­res com car­tei­ra as­si­na­da, com a con­di­ção de que as em­pre­sas não de­mi­tam es­ses fun­ci­o­ná­ri­os pe­lo pe­río­do de um ano após o fim do au­xí­lio.

Reprodução/​Congresso em Fo­co

O va­lor atu­al do sa­lá­rio mí­ni­mo é de R$ 1.045. Por três me­ses, o go­ver­no te­ria que de­sem­bol­sar R$ 3.135. A me­di­da ocor­re no âm­bi­to do Pro­gra­ma de Au­xí­lio Em­pre­go, cri­a­do pe­los se­na­do­res no pro­je­to que faz ou­tras mu­dan­ças no au­xí­lio emer­gen­ci­al de R$ 600 apro­va­do na segunda-​feira (30).
Leia mais

O mi­nis­tro Mar­co Au­ré­lio Mel­lo, do Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral, so­li­ci­tou à Procuradoria-​Geral da Re­pú­bli­ca que ana­li­se uma notícia-​crime apre­sen­ta­da con­tra o pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro. O au­tor da ação, de­pu­ta­do Re­gi­nal­do Lo­pes (PT-​MG), diz que Bol­so­na­ro co­me­teu cri­me ao ig­no­rar a gra­vi­da­de da pan­de­mia do co­ro­na­ví­rus com um “his­tó­ri­co das rei­te­ra­das e ir­res­pon­sá­veis de­cla­ra­ções”.

Nel­son Jr/​STF


Sede do Supremo Tribunal Federal em Brasília

A pe­ti­ção de Re­gi­nal­do Lo­pes, as­si­na­da pe­lo ex-​ministro do Tri­bu­nal Su­pe­ri­or Elei­to­ral (TSE) Jo­el­son Di­as e ou­tros qua­tro ad­vo­ga­dos, im­pu­ta a Bol­so­na­ro a in­fra­ção de me­di­da sa­ni­tá­ria pre­ven­ti­va, pre­vis­ta no ar­ti­go 268 do Có­di­go Pe­nal Bra­si­lei­ro, com pe­na de de­ten­ção pre­vis­ta de um mês a um ano, além do pa­ga­men­to de mul­ta.
Leia mais

A co­le­ti­va diá­ria do Mi­nis­té­rio da Saú­de que vi­nha acon­te­cen­do des­de a che­ga­da do co­ro­na­ví­rus ao Bra­sil te­ve seu for­ma­to al­te­ra­do nes­ta segunda-​feira (30). A co­mu­ni­ca­ção com a im­pren­sa, ha­bi­tu­al­men­te fei­ta pe­lo mi­nis­tro da Saú­de, Luiz Hen­ri­que Man­det­ta, e téc­ni­cos da pas­ta, des­sa vez foi com­par­ti­lha­da com ou­tros mi­nis­té­ri­os.

Par­ti­ci­pa­ram da en­tre­vis­ta, os che­fes da Ca­sa Ci­vil, da In­fra­es­tru­tu­ra, da Ci­da­da­nia e da Advocacia-​Geral da União. A mu­dan­ça, que foi vis­ta por ana­lis­tas co­mo uma per­da de pro­ta­go­nis­mo de Man­det­ta, é, na jus­ti­fi­ca­ti­va do go­ver­no, uma for­ma de re­sol­ver o pro­ble­ma de mo­do trans­ver­sal.
Leia mais

Após uma reu­nião nes­ta se­gun­da (30), os lí­de­res do Se­na­do apro­va­ram um ma­ni­fes­to con­trá­rio ao que de­fen­de o pre­si­den­te Jair Bol­so­na­ro, e de­fen­de­ram o iso­la­men­to so­ci­al pa­ra com­ba­ter a pan­de­mia de co­ro­na­ví­rus. Es­sa é a ma­nei­ra de­fen­di­da pe­la Or­ga­ni­za­ção Mun­di­al da Saú­de (OMS) e mai­o­res lí­de­res mun­di­ais.

Pe­dro França/​Agência Se­na­do

No pe­di­do, os se­na­do­res re­lem­bram que a “ex­pe­ri­ên­cia dos paí­ses que es­tão em es­tá­gi­os mais avan­ça­dos de dis­se­mi­na­ção da do­en­ça dei­xa cla­ro que, di­an­te da ine­xis­tên­cia de va­ci­na ou de tra­ta­men­to mé­di­co ple­na­men­te com­pro­va­do, a me­di­da mais efi­caz de mi­ni­mi­za­ção dos efei­tos da pan­de­mia é o iso­la­men­to so­ci­al”.
Leia mais

O Mi­nis­té­rio da Eco­no­mia sus­pen­deu a di­vul­ga­ção dos da­dos do Ca­das­tro Ge­ral de Em­pre­ga­dos e De­sem­pre­ga­dos (Ca­ged) re­fe­ren­tes aos me­ses de ja­nei­ro e fe­ve­rei­ro. A Se­cre­ta­ria Es­pe­ci­al de Pre­vi­dên­cia e Tra­ba­lho da pas­ta in­for­mou nes­ta segunda-​feira (30) que a au­sên­cia de pres­ta­ção de in­for­ma­ções so­bre ad­mis­sões e de­mis­sões por par­te das em­pre­sas in­vi­a­bi­li­zou a con­so­li­da­ção dos da­dos.

Por­tal Bra­sil

O ca­das­tro re­gis­tra ad­mis­sões e dis­pen­sa de em­pre­ga­dos sob o re­gi­me da Con­so­li­da­ção das Leis do Tra­ba­lho (CLT). É uti­li­za­do pe­lo Pro­gra­ma de Seguro-​Desemprego pa­ra con­fe­rir os da­dos re­fe­ren­tes aos vín­cu­los tra­ba­lhis­tas e ser­ve, ain­da, co­mo ba­se pa­ra a ela­bo­ra­ção de es­tu­dos, pes­qui­sas, pro­je­tos e pro­gra­mas li­ga­dos ao mer­ca­do de tra­ba­lho.
Leia mais

O ba­lan­ço diá­rio di­vul­ga­do pe­lo Mi­nis­té­rio da Saú­de a res­pei­to do avan­ço da pan­de­mia de covid-​19 no Bra­sil re­gis­trou um au­men­to de 19% no nú­me­ro de óbi­tos nes­te do­min­go (29), na com­pa­ra­ção com o sá­ba­do (28). Até as 15h des­te do­min­go, a con­ta­gem ofi­ci­al re­gis­tra­va 136 mor­tes e 4.256 ca­sos con­fir­ma­dos no país. Com 98 óbi­tos, o es­ta­do de São Pau­lo é o que tem mai­or nú­me­ro de mor­tos pe­la do­en­ça.

War­ley de Andrade/​TV Bra­sil


Militares do Exército promovem ação de desinfecção na Rodoviária do Plano Piloto, em Brasília

Além de São Pau­lo, ou­tros es­ta­dos que já ti­ve­ram mor­tes de­cor­ren­tes da in­fec­ção por co­ro­na­ví­rus são: Ama­zo­nas (1), Bahia (1), Ce­a­rá (5), Per­nam­bu­co (5), Pi­auí (1), Rio Gran­de do Nor­te (1), Rio de Ja­nei­ro (17), São Pau­lo (98), Dis­tri­to Fe­de­ral (1), Goiás (1), Pa­ra­ná (2), San­ta Ca­ta­ri­na (1) e Rio Gran­de do Sul (2).
Leia mais

Os se­na­do­res de­vem vo­tar, nes­ta segunda-​feira (30), às 16h, pro­je­to que es­ta­be­le­ce o pa­ga­men­to de um au­xí­lio emer­gen­ci­al no va­lor de R$ 600, por três me­ses, a pes­so­as de bai­xa ren­da. A me­di­da se­rá de­li­be­ra­da por meio de ses­são re­mo­ta. Pe­la ma­nhã, às 10h, ha­ve­rá uma reu­nião, tam­bém a dis­tân­cia, de lí­de­res da Ca­sa.

Ro­ve­na Rosa/​Agência Bra­sil


Uma das ruas mais movimentadas do país, a 25 de Março, em São Paulo, fechou as portas em meio à pandemia do coronavírus

A pro­pos­ta foi apro­va­da pe­la Câ­ma­ra na quinta-​feira pas­sa­da e te­ve sua vo­ta­ção an­te­ci­pa­da em um dia no Se­na­do pe­la ur­gên­cia de se ga­ran­tir um au­xí­lio fi­nan­cei­ro a pes­so­as de bai­xa ren­da em meio à cri­se sa­ni­tá­ria e econô­mi­ca de­sen­ca­de­a­da pe­lo co­ro­na­ví­rus.
Leia mais

O se­cre­tá­rio de vi­gi­lân­cia em saú­de, Wan­der­son Oli­vei­ra, dis­se que o Bra­sil ain­da es­tá no iní­cio da epi­de­mia de covid-​19. Se­gun­do ele, ain­da é mui­to pre­co­ce ava­li­ar o im­pac­to das me­di­das de iso­la­men­to ado­ta­das. É pre­ci­so aguar­dar o tem­po es­ta­be­le­ci­do pe­las au­to­ri­da­des de saú­de lo­cais, dis­se.

Wil­son Dias/​Agência Bra­sil


O secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Kleber de Oliveira

Oli­vei­ra com­pa­rou a cur­va de dis­se­mi­na­ção do ví­rus a uma mon­ta­nha ou mor­ro. “Se­ja uma mon­ta­nha, se­ja um mor­ri­nho, o que nós po­de­mos di­zer com cer­te­za: es­ta­mos no pé do mor­ro ou da mon­ta­nha, en­tão ain­da tem mui­to chão pe­la fren­te pa­ra che­gar no al­to e co­me­çar a des­cer”, dis­se ele. “Não dá pa­ra fa­zer ne­nhu­ma es­pe­cu­la­ção se vai ser mon­ta­nha ti­po o Eve­rest ou um mor­ri­nho co­mo o Ita­co­lo­mi, lá em Mi­nas”.
Leia mais